Buscar

Nova Andradina – Estudantes da UFMS e IFMS participam de ato em defesa da educação

Concentração acontece na Praça Brasil nesta quarta-feira (15) às 18h

Cb image default
Estudantes durante assembleia realizada no auditório da UFMS nesta segunda-feira (13) - Foto: DCE/UFMSCPNA

Um ato em defesa da educação reúne estudantes da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) e sindicalistas nesta quarta-feira (15). O movimento integra a “Greve Nacional da Educação”, que acontece em todo o país.

Segundo confirmado no último dia 30 pelo MEC (Ministério da Educação), cerca de 30% dos recursos orçamentários destinados à Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) foram bloqueados, totalizando uma redução de R$29.784.641,00, sendo R$ 28.788.728,00 de custeio e R$ 995.913 de investimento para o exercício no ano de 2019.

Já do orçamento destinado ao Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) dos R$ 40.356.527,00 previstos na Lei Orçamentária Anual (LOA) para a instituição neste ano, R$ 16.948.528,00 estão bloqueados, o que representa em torno de 42% do orçamento discricionário da instituição.

“Nós temos que acordar, reagir, independente de quem votou em quem, nós estudantes estamos sendo prejudicados,” disse uma aluna durante assembleia geral realizada nesta segunda-feira (13) no auditório da UFMS.

“99% das pesquisas no Brasil são feitas pelas universidades públicas. Além disso, hoje, diferente do passado, mais de 60% dos estudantes das universidades federais pertencem às classes econômicas de menor poder aquisitivo, D e E. “Essa inclusão social está incomodando muita gente,” disse William Gomes, representante do DCE (Diretório Central Estudantil), da UFMS-CPNA.

Programação

A concentração acontece nesta quarta-feira (15), a partir das 18h,  na Praça Brasil, área central de Nova Andradina.

Cb image default
Estudantes do IFMS em ato realizado no campus de Nova Andradina - Foto:Campus Nova Andradina

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.