Buscar

Nova Andradina fechou fevereiro com saldo negativo na geração de empregos

Indústria de transformação foi o setor que mais demitiu no período

Imagem: Acácio Gomes / Nova News

Cb image default

Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o município de Nova Andradina fechou o mês de fevereiro com saldo negativo no que diz respeito à geração de empregos. Segundo apurado pelo Nova News foram -29 postos de trabalhos no segundo mês de 2018.

Entre as áreas que contribuíram para o saldo negativo está o setor de serviços, que contratou 63 pessoas e demitiu 103 (-40), o comércio que admitiu 106 trabalhadores e desligou 112 (-06) e indústria de transformação que foi responsável por 114 admissões e 202 demissões (-88).

Por outro lado, os setores que ajudaram a balancear a equação foram os serviços industriais de utilidade pública, com 01 contratação e nenhum desligamento (+01), a construção civil que contratou 26 e demitiu 16 (+10) e a agropecuária e atividades rurais em geral, que teve 165 pessoas contratadas e 71 demitidas (+94).

Com relação às cidades da região, aparecem também com saldo negativo na geração de empregos Anaurilândia (-09) e Batayporã (-03). Bataguassu teve saldo positivo (+13) bem como Ivinhema (+27) e Taquarussu se manteve estável com 08 contratações e 08 demissões.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.