Buscar

Nova Andradina gerou 145 postos formais de trabalho em outubro

Dados são do Caged

Cb image default
Imagem: Acácio Gomes / Arquivo / Nova News

Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, Nova Andradina gerou 145 novos postos formais de trabalho em outubro. Durante o período, foram registradas 537 contratações e 392 demissões.

Os setores responsáveis pelo desempenho positivo do município foram a agropecuária com 148 contratados e 43 demitidos (+105), a indústria de transformação, com 139 admissões e 92 demissões (+47); a construção civil com 16 contratações e 12 desligamentos (+04) e serviços com 109 postos de trabalho abertos e 108 fechados (+01).

Por outro lado, apresentaram desempenho negativo o comércio, que contratou 123 pessoas e demitiu outras 134 (-11) e os serviços industriais de utilidade pública, com 02 contratações e 03 demissões (-01).

No acumulado de janeiro a outubro, foram criados em Nova Andradina 599 postos formais de trabalho. O saldo positivo é resultado de 5.585 contratações e 4.986 demissões nos primeiros dez meses de 2019.

Demais cidades da região

Com relação às demais cidades da região, registraram saldo positivo na geração de empregos em outubro Bataguassu (+36) e Ivinhema (+05).

Enquanto Taquarussu não apresentou variação, ficaram com saldo negativo Batayporã (-09) e Anaurilândia (-11).

Mato Grosso do Sul*

Em Mato Grosso do Sul já foram realizadas 19.759 novas contratações no mercado de trabalho no período de janeiro a outubro de 2019. O setor de Serviços acumula um saldo positivo de 11.345 contratações com Carteira de Trabalho assinada e o do Comércio, 3.339.

No mês de outubro deste ano, o Estado criou 691 novas vagas. Os setores em destaque foram o comércio, com 899 novas contratações e a agropecuária com 173 novas vagas. Os setores com mais demissões do que contratações foram a extrativa mineral (-07); indústria de transformação (-58); serviços industriais de utilidade pública (-41); construção civil (-136); serviços (-134) e administração pública (-05).

Brasil**

Os dados do Caged de outubro mostram resultado positivo pelo sétimo mês consecutivo na geração de empregos formais no país. O saldo registrado é de 70.852 novas vagas, resultado de 1.365.054 admissões e 1.294.202 desligamentos no período.

O resultado apresenta um estoque total de empregos de 39,252 milhões, superior aos 38,695 milhões registrados em outubro de 2018.

Cinco dos oito setores da economia tiveram resultado positivo. O destaque no mês ficou com o comércio, responsável por 43.972 novas vagas, 62,06% do total. Completam a relação serviços (19.123 postos); indústria de transformação (8.946 postos); construção civil (7.294 postos) e extrativa mineral (344 postos).

Apresentaram saldo negativo os setores da agropecuária (-7.819 postos); serviços industriais de utilidade pública (-581 postos) e administração pública (-427 postos).

As cinco regiões tiveram saldo positivo em outubro, com destaque para a Região Sul, com a geração de 27.304 novas vagas. Nordeste teve +21.776; Sudeste, +15.980; Norte, +4.315; e Centro-Oeste, +1.477. (Com informações do Governo do Estado* e do Governo Federal**).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.