Buscar

Nova Andradina - Hashioka afirma que intercedeu para evitar fechamento da Escola Padre Anchieta

Assessoria diz que SED jamais cogitou fechar a unidade de ensino

Cb image default
Hashioka disse ter tratado do assunto com o secretário-adjunto de Educação, Edio Resende de Castro - Imagem: Arquivo / Nova News

Na última sexta-feira (05), o ex-prefeito de Nova Andradina e atual secretário de Estado de Administração e Desburocratização de Mato Grosso do Sul, Roberto Hashioka, usou suas redes sociais para dizer que após tratativas junto ao secretário-adjunto de Educação, Edio Resende de Castro, conseguiu evitar o possível fechamento da Escola Estadual Padre Anchieta.

Conforme já havia sido noticiado no dia 02/07/2019 pelo Nova News, a suposta informação sobre a possibilidade de que a unidade escolar pudesse ser fechada fez com que a Associação de Pais e Mestres (APM) fizesse um abaixo assinado bem como tomasse outras providências para chamar a atenção da sociedade.

Em suas palavras, Hashioka disse ter se empenhado pela manutenção da unidade. “Reconhecemos sua importância e pioneirismo”, disse ele, na postagem, ao afirmar que o compromisso firmado junto à direção da unidade escolar é de tentar ampliar o número de matrículas em 2020.

Ao finalizar o texto, Roberto Hashioka disse que o fato é uma conquista para Nova Andradina a diz estar confiante no trabalho da direção, coordenação, alunos e pais.

SED nega que escola seria fechada

Também no dia 02/07/2019, a assessoria de comunicação da Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso do Sul (SED-MS) disse ao site Nova News que a informação que circulava nas redes sociais e até mesmo em alguns sites de notícias da região sobre a possibilidade de fechamento da Escola Estadual Padre Anchieta, em Nova Andradina, não procedia.

Cb image default
Assessoria da SED disse que pasta jamais cogitou fechar a escola: "São apenas rumores que não tem fundamento" - Imagem: Acácio Gomes / Nova News 

Segundo o jornalista Marcus Vinícius Espíndola, que atua na pasta, toda e qualquer comunicação do gênero deve partir da SED-MS, o que, em suas palavras, não ocorreu. “São apenas rumores que não têm fundamento”, enfatizou Espíndola, por telefone, ao Nova News, naquela data.

Ele disse que tais boatos podem ter surgido devido ao reordenamento da Rede Estadual de Ensino, em curso desde 2015, medida que visa cumprir a lei federal para que, gradativamente, o Estado ofereça apenas o Ensino Fundamental II e o Ensino Médio, sendo que, o Fundamental I e o Ensino Infantil ficariam a cargo dos municípios.

“O reordenamento existe e, de fato, algumas escolas foram fechadas em Campo Grande no início do ano, porém, este é um processo que sofre variações e posso garantir que não há nenhuma situação em andamento com relação às escolas de Nova Andradina. Caso, algum dia, isso possa acontecer, comunicaremos com o máximo de antecedência, cumprindo nossa diretriz de agir sempre com total transparência”, disse.

A Escola Padre Anchieta conta com 45 anos de atuação e atualmente acolhe 280 alunos do 1º ao 9º ano. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.