Buscar

Nova Andradina - Inscrições para curso de Libras começam nesta quinta-feira

Início das aulas está previsto para o dia 2 de maio na Escola Municipal Professor João de Lima Paes. Inscrições seguem até o dia 29 de abril

Cb image default
As inscrições seguem até o dia 29 de abril - Foto: Cogecom

As inscrições para o Curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras) para iniciantes começam nesta quinta-feira (19). O curso é ofertado pelo Núcleo Municipal de Educação Especial (NUMESPI), vinculado à Secretaria Municipal de Educação (SEMEC).

Além da legitimação da cultura surda, a utilização da Libras dá voz a esta cultura, possibilita o entendimento de suas necessidades, anseios e expectativas podendo assim, facilitar o atendimento a essas necessidades, sendo a forma mais expressiva de exercício da cidadania.

Dessa forma, pode-se concluir que a utilização da linguagem brasileira de sinais deve ser cada vez mais popularizada e incentivada, não apenas nas instituições escolares, como também na sociedade em geral, colaborando para a melhoria da qualidade de vida dos surdos e como uma forma de assegurar os direitos dos cidadãos e o respeito às diferenças.

O curso é gratuito, sendo destinado à comunidade, acadêmicos, profissionais de saúde, órgãos públicos, professores, comércio e demais interessados. O início das aulas está previsto para o dia 2 de maio na Escola Municipal Professor João de Lima Paes no período noturno, às 19h. A responsável pelas aulas é a professora intérprete Suzana Maria Blasque.

As inscrições seguem até o dia 29 de abril, através do link abaixo no site da prefeitura: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSea63FRZHEKvD4mdCu-JuRSJvsxajK4gUWBFnU8LSU_PsMmgQ/viewform

Mais sobre a NUMESPI

O NUMESPI atende alunos com deficiência e transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação, auxiliando no seu desenvolvimento e inserção na comunidade e mercado de trabalho.

De acordo com a professora Suzana Blasque, a utilização das libras facilita a comunicação entre os surdos, que passam a se compreender como uma comunidade que tem características comuns e devem ser reconhecidas como tal. “Além de propiciar a facilidade de comunicação entre os surdos, a Libras também propicia uma melhor compreensão entre surdos e ouvintes, uma vez que, já está previsto em lei a presença de intérpretes de Libras em diferentes instituições sociais, como, por exemplo, escolas e universidades”, destaca.

Outro aspecto positivo da Libras é a sua utilização em programas de televisão, palestras, eventos sociais diversos, uma prática que vem sendo cada vez mais comum e que tem a tendência de alcançar outros âmbitos sociais, já que, a comunidade surda tem um número bastante expressivo de pessoas e que estão reivindicando seus direitos como cidadãos, praticando a verdadeira forma de inclusão social.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.