Publicado em 12/11/2014 às 16:35, Atualizado em 26/04/2017 às 11:08

Nova Andradina prepara 16 Dias de Ativismo

, PMNA

A Prefeitura de Nova Andradina, através da Secretaria Executiva de Políticas Públicas para a Mulher, prepara mais uma edição da campanha "16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher". 

A mobilização que ocorrerá entre 25 de novembro e 10 de dezembro também conta com o apoio do Centro de Atendimento à Mulher (CAM) Vida Nova e Rotary Clube Centenário. 

Criada com o intuito de promover debates e denunciar as várias formas de violência, a iniciativa será lançada oficialmente no dia 01 de dezembro com o "Laço Branco" e palestra ministrada pela juíza Jacqueline Machado. 

A programação também inclui campanhas de divulgação, panfletagens e palestras com alunos das escolas Fátima Gaiotto, Irman Ribeiro, Austrílio Capilé Castro, Nair Palácio de Souza, Luiz Soares de Andrade, Marechal Rondon e Objetivo.

Secretaria de Políticas para Mulher iniciou primeiras etapas da campanha (Foto: Natalho Cuer/PMNA)

A expectativa é de que cerca de 600 estudantes participem do ciclo de palestras. As oficinas irão auxiliar os alunos participantes do concurso de redação que, neste ano, abordará o tema "Violência contra a mulher e a tolerância da sociedade". 

O primeiro lugar receberá uma bolsa de estudos oferecido pela Wizard Idiomas. O segundo ganhará um tablet de 10 polegadas e o terceiro um tablet de sete polegadas. Os professores orientadores também serão premiados.

"O prefeito Roberto Hashioka sempre deu total liberdade para que o trabalho de  prevenção à violência contra a mulher fosse realizado com eficiência", destacou a assistente social Lucineia Medeiros, coordenadora do Centro de Atendimento à Mulher.

"Nova Andradina, através da rede de combate à violência contra mulher,está sempre trabalhando em conjunto. Estes fatores têm contribuído para que nos tornássemos referência no Estado", completou a secretária Jozeli Chulli. 

A gestora também enfatizou a implantação da Coordenadoria de Políticas para Mulher e do Centro de Atendimento à Mulher, que ocorreu durante o segundo mandato do prefeito Roberto Hashioka, em 2006.

"Em todos os seus mandatos o prefeito Roberto Hashioka apoiou de forma efetiva o combate à violência, principalmente contra a mulher. Tanto é que foi pioneiro ao implantar essa políticas públicas e hoje podemos consolidar um grande trabalho", frisou.

Sobre a parceria com o Rotary Clube Centenário, o presidente da entidade, Fábio Camilo, pontuou:  "nossa parceria se deu pelo excelente trabalho que o Governo Municipal vem realizando em nosso município". 

"Temos uma facilidade grande em trabalhar, pois temos o respaldo do Governo Municipal, DAM, CRAS, CREAS, Rede de Saúde, Secretaria de Assistência Social e do Poder Judiciário", concluiu Jozeli Chulli.