Buscar

Nova Andradina sedia pela primeira vez Jogos da Melhor Idade

Expectativa é de receber 700 atletas de 24 municípios de Mato Grosso do Sul. Prefeitura e Fundesporte são parceiros na realização da competição

Fotos: Arquivo/Cogecom

Cb image default

Nova Andradina se prepara para receber, pela primeira vez, um dos maiores eventos esportivos de MS: os Jogos da Melhor Idade. A cerimônia de abertura oficial está marcada para o dia 13 de agosto, às 19 horas, no Ginásio de Esportes. A Prefeitura, por meio das Secretarias de Educação, Esporte e Lazer (SEMEC/Funael) e Cidadania e Assistência Social (Semcias) juntamente com o Fundesporte são parceiros na realização da competição.

Integrante da Comissão de Honra dos Jogos, o prefeito Gilberto Garcia conclamou a população a receber com carinho quase 700 atletas com mais de 60 anos que virão de 24 municípios do Estado de Mato Grosso do Sul para a competição, que acontecerá de 13 e 18 de agosto.

"Vamos receber com carinho todas essas pessoas da terceira idade que estarão visitando a cidade nesse período de disputa. Muitas delas talvez estarão na nossa Cidade Sorriso pela primeira vez. Que elas possam levar a impressão de acolhimento, acalanto e amizade da nossa população", disse Gilberto.

Os atletas vão competir em 12 modalidades: atletismo, bocha, dança de salão, damas, dominó, malha, natação, sinuca, tênis de mesa, truco, vôlei adaptado e xadrez.

Os Jogos da Melhor Idade, além de valorizar e estimular a prática esportiva como fator de promoção de saúde e bem-estar, também objetiva integrar a terceira idade à sociedade, resgatando a autoestima para melhor convívio social dos idosos.

"O esporte é o motor de uma vida saudável e Nova Andradina é uma cidade que trabalha para a qualidade de vida de sua população", disse o secretário, Fábio Zanata, sobre a decisão de sediar os jogos.

"Estes jogos são orgulho para a cidade e o Governo Municipal fará todo o esforço necessário para que tudo aconteça da melhor maneira possível. Estamos engajados para fazer uma edição marcante e ficar na história do Mato Grosso do Sul", completa Zanata.

Para a cidade, receber um evento desse porte também é positivo. "Nova Andradina tem se destacado como uma cidade referência nas políticas públicas voltadas a terceira idade. Hoje são mais de mil idosos no projeto Conviver, tanto no município como em Nova Casa Verde, participando de atividades esportivas, de lazer e de promoção à saúde", acrescentou a secretaria titular da Semcias, Julliana Ortega.

O diretor presidente da Funael (Fundação Nova-andradinense de Esporte e Lazer), Willian Moraes, acredita que o mais importante é garantir que os jogos sejam um momento de encontro, de amizade, celebração do esporte e troca de experiências. "Que o significado do Obelisco do eixo central de nossa cidade, que remete ao encontro de todos os povos, ao acolhimento de todas as gentes, sirva de inspiração para todos os atletas, dirigentes e visitantes. Nova Andradina está de braços abertos esperando por todos", declarou o diretor adjunto da comissão organizadora.

Informações dos jogos, horários e locais de competição

Os jogos acontecerão na sede do Projeto Conviver, Ginásio de Esportes Irmão Braz Sinigaglia, Escolas Municipais João de Lima Paes e Efantina de Quadros, Escola Estadual Austrílio Capilé Castro, Academia Aqua Nova, Estádio Luiz Soares Andrade (Andradão) e o Poliesportivo Frederico Kruger (Batayporã).

Delegação de Nova Andradina

Por ser sede dos Jogos, Nova Andradina terá duas equipes e representantes em todas as modalidades. A primeira será composta por 45 atletas, dois técnicos, um chefe de delegação, um enfermeiro e um motorista. Já a segunda equipe conta com 38 atletas, além do suporte de dois técnicos, um chefe de delegação, um enfermeiro e um motorista.

O voleibol adaptado masculino, bocha e a dança de salão, assim como outras modalidades que possuem um histórico positivo de conquistas, tentarão em casa resultados ainda mais expressivos.

Em 2018, em Jardim, Nova Andradina conquistou a medalha de ouro no bocha masculino em duplas e a equipe de vôlei adaptado masculino ficou com o quarto lugar. A cidade ainda tem tradição na dança de salão, sendo representada pelo casal formado por Maria de Lourdes Vasconcellos e Francisco José dos Santos, vencedores de várias competições.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.