Buscar

Passagens de ônibus ficam mais caras em MS a partir desta terça-feira (15)

Na linha entre Nova Andradina e Batayporã, o valor que era de R$ 3,20, chega agora a R$ 3,50

O Conselho Diretor da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan) aprovou os percentuais de reajuste para as tarifas praticadas através do Sistema de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros do Estado de Mato Grosso do Sul. O reajuste será de 10,36% para as modalidades de Linhas Regionais, Estruturais e Serviços Locais, e de 13,60% para as Linhas Regionais com Características de Transporte Urbano.

O Nova News apurou que na linha entre Nova Andradina e Batayporã, o valor era de R$ 3,20 e agora passou para R$ 3,50. Os novos percentuais estão estabelecidos na Portaria nº 128, de 14 de março de 2016, publicada no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (15/03), e passam a valer nesta terça-feira (15). Nas ligações intermunicipais que ofereçam padrões de serviços executivos ou leito fica admitido o incremento de até 20% nos coeficientes tarifários. 

O reajuste é concedido anualmente no mês de março, conforme estabelece a Portaria Agepan nº 086, de 08 de março de 2012 (Foto: Divulgação)

A tabela com os valores dos coeficientes tarifários – divulgados no anexo da portaria – estão disponíveis para consulta no site da Agepan, no tópico Transporte Rodoviário – Intermunicipal de Passageiros – Tarifas – Tabelas. Clique aqui para acessar.

Data-base

O reajuste é concedido anualmente no mês de março, conforme estabelece a Portaria Agepan nº 086, de 08 de março de 2012. A aplicação do reajuste e a definição dos percentuais levam em conta estudos econômicos para a recomposição do poder de compra e continuidade dos serviços públicos de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros. 

 

O Sistema de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros conta atualmente com 185 linhas em operação, que percorrem anualmente cerca de 34.821.483 quilômetros em aproximadamente 265,5 mil viagens. (As informações são da Agepan).

Confira as tabelas de reajuste para as linhas da região:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.