Buscar

Pela segunda vez, Câmara repassa R$ 100 mil para Hospital Regional

Pela segunda vez neste mandato, a Câmara Municipal de Nova Andradina confirmou junto ao Executivo o repasse de R$ 100 mil ao Hospital Regional Francisco Dantas Maniçoba. Os recursos são oriundos do duodécimo da Casa de Leis e o montante deverá ser investido na manutenção dos serviços prestados.

A entrega do cheque foi realizada na manhã de quarta-feira, dia 02 de julho, pelo presidente, Newton Luiz de Oliveira (Nenão), no gabinete do Secretário Municipal de Planejamento e Controle, Arion Aislan de Souza juntamente com os vereadores Quemuel de Alencar, Robertinho Pereira, Zé Bugre, Ricardo Lima, Sandro Hoici, Valter Yasunaka e Marião da Saúde.

Esta é a segunda vez que o legislativo municipal faz doação de recursos ao HR (Foto: Divulgação)

Esta é a segunda vez que o legislativo municipal faz doação de recursos ao HR. Em novembro passado, o repasse também foi de R$ 100mil. Na época, a entidade utilizou os recursos no custeio de materiais e medicamentos.

Segundo Nenão, a nova doação também foi acordada entre Câmara e Prefeitura. Os recursos deverão ajudar na melhoria do atendimento aos usuários. “Sabemos que a situação financeira do HR é difícil. Nossa preocupação é com a qualidade dos serviços e do atendimento à população. A diretoria vai investir naquilo que considera mais urgente e necessário neste momento”, afirma.

A devolução de recursos advindos do duodécimo da Câmara para o executivo tem sido a tônica da administração desta mesa diretora, comandada pelo vereador Nenão. Desde quando assumiu, sistematicamente, o dinheiro que sobra no caixa é devolvido a Prefeitura e, num entendimento entre os poderes, são realizadas doações para entidades assistenciais do município.

“Adotamos medidas no sentido de reduzir os gastos públicos e, ao mesmo tempo, garantir a transparência nas ações administrativas. O resultado foi a economia de recursos, o que nos permitiu a realização deste trabalho em prol das entidades”, ressaltou, destacando o apoio dos demais integrantes da mesa diretora. “Com o aval e apoio dos pares conseguimos aumentar o repasse para as entidades. Até o final deste mandato, vamos continuar com essa política porque entendemos que na política é preciso ter prioridades e saúde sempre será prioridade”, finaliza.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.