Buscar

Policiais militares conseguem tratamento ortodôntico para adolescente em Nova Andradina

Garoto apresentava baixo rendimento escolar

Foto: Divulgação/PM

Cb image default

A equipe que compõe a Ronda Escolar de Nova Andradina (8º BPM) buscando efetivar a integração entre polícia, escola e comunidade, auxiliou um adolescente com 12 anos a realizar tratamento ortodôntico, melhorando assim sua qualidade de vida.

Em visita à Escola Estadual Padre Anchieta, a diretora da unidade educacional apresentou aos policiais o caso de um aluno que estava com baixo rendimento escolar, não queria participar das atividades em sala de aula e ainda tinha problemas de indisciplina.

Em contato com o adolescente, foi observado pelos policiais militares, que ele tinha um problema dentário sério, e que este o fazia sentir vergonha. O aluno não expressava sorriso e quase não falava. A equipe da Ronda Escolar descobriu também que o menino está sob a responsabilidade da avó, que apesar de cuidar muito dele não tinha condições financeiras para custear um tratamento.

Diante da situação apresentada, os policiais militares procuraram a ajuda de um dentista que pudesse colaborar com a família, e de imediato, o dentista Denilson, um dos proprietário da ORTO CP, se disponibilizou e forneceu o tratamento dentário gratuitamente. Há aproximadamente quatro meses o adolescente está usando aparelho ortodôntico para corrigir a dentição.

Segundo depoimento da diretora Ediana, o aluno que antes sofria bullying, além de aumentar sua autoestima, melhorou consideravelmente o comportamento em sala de aula e também o rendimento escolar.

A Ronda Escolar trabalha diariamente visitando as unidades escolares de Nova Andradina, trabalhando diretamente com a comunidade escolar buscando a integração ainda com a comunidade vizinha das instituições, tendo em vista que a presença policial nos locais aumenta a sensação de segurança na comunidade. Os policiais auxiliam diretores e professores quando alunos apresentam indisciplina ou evasão escolar, ministrando palestras, participando de atividades curriculares e promovendo rodas de conversas com os alunos.

O comandante do 8º BPM, tenente coronel André Henrique de Deus Macedo, tinha como uma das prioridades a implantação da Ronda Escolar, tendo em vista o alcance preventivo que essa modalidade de policiamento propicia para a população. “Os policiais da Ronda Escolar não atuam somente dentro das escolas, mas também junto à comunidade, buscando soluções para as situações apresentadas pelas unidades educacionais e ainda, enquanto estão indo de uma escola para outra, estão atentos rondando essas áreas e abordando pessoas em atitudes suspeitas, melhorando a segurança da população e impedindo que pessoas com a intenção de delinquir se aproximem dos nossos alunos” destaca o oficial comandante.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.