Buscar

Ponto de coleta recolhe mais de 10 mil embalagens de agrotóxicos 

Ação foi realizada no estacionamento do tatersal de leilões de Nova Andradina (Foto: Cogecom/PMNA)

Os primeiros 30 minutos da campanha de coleta de embalagens de agrotóxicos, realizada na terça-feira (28) em Nova Andradina, já demonstravam a adesão dos produtores rurais à iniciativa desenvolvida por instituições públicas e privadas do município.

De acordo com a Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), até a manhã desta quarta-feira (29) haviam sido contabilizadas 10.740 embalagens, que perfizeram o total de 5.135 toneladas. A unidade ainda trabalha no levantamento completo dos dados.

A ação contou com a participação da Cocamar, Camda, Via Campus, Bio Rural, Agrojangada, Comitiva, Alvorada, Sindicato Rural, Aranav, Inpev, Coopergrãos, Promotoria de Meio Ambiente, Iagro, Prefeitura de Nova Andradina, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Integrado e Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural.

"Foi uma bela ação que, sobretudo, mostrou a união das nossas associações, cooperativas, produtores, representantes de classe e empresários. Já nos primeiros minutos da campanha era grande o volume de caminhões e camionetes se dirigindo ao estacionamento do tatersal de leilões para realizar o descarte correto desses resíduos", frisou Márcio Costa, secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Integrado.

De acordo com o gestor, o material recolhido será encaminhado para reciclagem ou incineração. As embalagens não podem ser descartadas em aterros comuns porque prejudicam o meio ambiente. A destinação final do produto é coordenada pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (Inpev), que representa os fabricantes de agrotóxicos.

"Nova Andradina completa 56 anos de instalação com poder público e privado cientes da necessidade de cada vez mais investir na destinação correta dos seus resíduos. Dessa forma, com o apoio do prefeito Roberto Hashioka, prosseguiremos e intensificaremos ações do gênero, pois entendemos que iniciativas como essa garante mais qualidade de vida", completou Marcio Costa.

 

Imagens: Cogecom/PMNA

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.