Buscar

Potencial de consumo de Nova Andradina é o que mais cresce em MS

Políticas de incentivo do Governo Municipal motivaram crescimento; Nova Andradina também está entre as 500 maiores potências de consumo do Brasil

Com potencial de consumo estimado em R$ 959 milhões para este ano, Nova Andradina foi o município que mais cresceu no Estado em potencial de consumo. Entre 2013 e 2014, o acréscimo foi de 25,6%. Motivado pelas políticas de incentivo do Governo Municipal, o índice também incluiu a cidade entre as 500 maiores potências de consumo do País. 

Ações do Governo Municipal têm fomentado crescimento econômico de Nova Andradina (Foto: Arquivo)

Durante o período, a previsão de vendas em Nova Andradina saltou de R$ 763 milhões para R$ R$ 959 milhões. São R$ 196 milhões a mais de movimentação previstos no comércio e na prestação de serviços para este ano.

Nova Andradina está bem à frente de municípios como Campo Grande (que cresceu 7,05%), Dourados (16,4%), Três Lagoas (2,14%), Corumbá (-3,3%), Ponta Porã (11,12%) e Naviraí (9%). Os dados foram coletados e divulgados pelo IPC Maps 2014, um indicador de potencialidades de consumo nacional desenvolvido pela IPC Marketing Editora. 

O potencial de consumo de R$ 959 milhões fez com que o município saltasse para a sexta posição no ranking sul-mato-grossense. A cidade está atrás de Campo Grande (com R$ 16,745 bilhões), Dourados (4,174 bilhões), Três Lagoas (R$ 2,048 bilhões),Corumbá (R$ 1,452 bilhões) e Ponta Porã (R$ 1,179 bilhão).

Para o secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Integrado, Márcio Costa, a evolução é resultado de uma série de políticas de incentivo promovidas pela Prefeitura de Nova Andradina. “São resultados obtidos através do trabalho e da determinação de nossos empreendedores e também do Governo Municipal, contando sempre com o apoio e o empenho do prefeito Roberto Hashioka”, afirmou. 

Entre os incentivos, o gestor ressaltou o Programa de Desenvolvimento e Apoio à Industrialização de Nova Andradina (Prodinan), abertura da Sala do Empreendedor, Lei Geral das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, qualificação da mão de obra em parceria com o Sistema S e Pronatec entre outros. 

O apoio da Associação Comercial e Industrial de Nova Andradina (Acina), o reconhecimento do Arranjo Produtivo Local (APL) Pólo Nova Costura e a lei de autoria do prefeito Roberto Hashioka que isenta, por 10 anos, IPTU e ISS às empresas enquadradas no Prodinan também foram destacadas pelo secretário. 

IPC

O IPC Maps é atualizado anualmente pela IPC Marketing Editora, que disponibiliza informações demográficas e de potencial de consumo de todos os municípios brasileiros. É o único que apresenta em números absolutos o detalhamento do potencial de consumo em 22 categorias de produtos nos 5570 municípios do Brasil.

O ranking completo do IPC Maps 2014 está disponível em clique aqui. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.