Buscar

Prefeito de Anaurilândia concede aumento de 5% a servidores e lança vale de R$ 200

Incentivo concedido por meio de cartão magnético só pode ser usado no comércio local para aquisição de alimentos e medicamentos

Cb image default
Servidores receberam cartão com crédito de R$ 200 por mês - Imagem: Divulgação

Na última sexta-feira (17), o prefeito do munícipio de Anaurilândia, Edinho Takazono (MBDB), reuniu os cerca de 500 servidores do munícipio para anunciar um aumento de 5% nos salários, além da concessão de um cartão magnético com vale de R$ 200 reais por mês para que eles possam fazer suas compras no comercio local. A empresa vencedora para operar o cartão é a Facecard.

O aumento, segundo gestor, foi dado dentro da margem já planejada anteriormente para que não ultrapasse o teto estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Takazono explicou que o cartão é uma forma de compensar os servidores, principalmente aqueles que ganham até um salário mínimo e, por outro lado, foi a maneira encontrada para incentivar o funcionalismo a comprar no comércio local.

“Sabemos que esses R$ 200 podem até não fazer diferença para aqueles que ganham um salário mais elevado, porém, mais de 70% de nossos servidores recebem em torno de um salário mínimo e, pra eles, este valor representa muito”, justificou.

Ainda de acordo com chefe do Poder Executivo, o servidor que não gastar o vale do cartão durante o mês, terá o valor acumulado como crédito, podendo a quantia ser utilizada em qualquer época do ano. O cartão pode ser usado nos comércios cadastrados, tanto da cidade de Anaurilândia, quanto no Distrito de Vila Quebracho exclusivamente para aquisição de gêneros alimentícios a produtos farmacêuticos.

Cb image default
Vereadores prestigiaram a solenidade de lançamento do cartão - Imagem: Divulgação

Durante o evento de lançamento, o prefeito ressaltou a importância da Câmara Municipal nas discussões sobre o reajuste dos servidores. Nas palavras dele, os parlamentares tiveram um papel fundamental nos debates sobre o tema, sendo compreensivos sobre os valores a serem oferecidos aos trabalhadores.

“Temos o dinheiro até para dobrar os salários de nossos servidores, porém, existe um teto de gastos que deve ser respeitado e nossos vereadores foram compressivos com nossa proposta”, explicou o prefeito.

Aleilson Silva de Jesus, proprietário de um pequeno comercio de cestas básicas na cidade é uns dos cadastrados para atender os servidores através do cartão. Ele vê a medida como fundamental para estimular a economia local. Na sua visão, esse dinheiro deve impulsionar de forma significativa, principalmente, os pequenos negócios.

“Às vezes pensamos que R$ 200 por servidor e pouco, porém, se somarmos tudo, são quase R$ 100 mil por mês que vão girar dentro do comércio da cidade. Esta iniciativa até nos faz pensar em ampliar nossos horizontes, ao sinalizar um possível investimento no sentido de ampliar seu negócio”, disse.

Além do prefeito Edinho, marcaram presença no evento, vereadores, secretários e a maioria dos servidores públicos municipais.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.