Buscar

Prefeito de Ivinhema se pronuncia sobre uso de carro público

O prefeito de Ivinhema, Tuta (PMDB), publicou no site da Prefeitura Municipal daquela cidade, um nota de esclarecimento sobre a denúncia feita recentemente pela imprensa local e que repercutiu em toda a região, onde o chefe do Poder Executivo foi fotografado em um evento partidário com um veículo pertencente à frota da prefeitura.

Saiba mais
  • Prefeito de  Ivinhema  é  flagrado  com veículo público em evento do PMDB 

Através da nota, o prefeito se justificou: “O Prefeito Tuta, citado na reportagem, fez questão de esclarecer alguns pontos abordados, sem prejuízo do direito à opinião que cada veículo de imprensa e cidadão possa ter. 

 

O Prefeito esclareceu preliminarmente que o evento em questão – realizado em 07/06 - não teve conotação eleitoral. “Ainda não existem candidatos escolhidos em convenção e o PMDB não é adepto do sistema de prévias”, disse Tuta. “O evento para o qual fui convidado de fato era partidário, e como Prefeito do Município, eleito pela agremiação, naturalmente fui convidado, conquanto importantes lideranças políticas do Estado se fariam presentes, e naturalmente prestigiaríamos”, afirmou.

“É natural que simpatizantes e, até mesmo a imprensa, seja pela experiência na leitura da atividade política desta última, seja pela paixão natural dos partidários, visualizem os atos partidários que todos os Partidos Políticos realizam próximos do período eleitoral como atos de pré-campanha, mas nem sempre são! Os partidos constantemente se reúnem com seus líderes, membros e com a própria população, para discutir seus rumos, projetos e agenda.

Sobre o noticiado uso de veículo da Prefeitura para deslocar-se ao evento partidário, alguns esclarecimentos precisam ser feitos. Naturalmente, o uso do veículo oficial do Gabinete da Prefeitura Municipal, que não é o exibido nas fotografias, é destinado à condução do Prefeito em agendas oficiais que demandam deslocamentos de maior porte. O veículo em questão, fotografado pela reportagem - fiat pálio -, é um dos veículos de trabalho diário à disposição da Prefeitura.

Nota de esclarecimento foi publicada na página da Prefeitura Municipal de Ivinhema (Foto: Divulgação)

Como se sabe, é comum que cidadãos e parte da imprensa se confundam quanto à jornada de trabalho dos mandatários eleitos para o Poder Executivo, em todos os seus níveis. Há que se esclarecer que Prefeitos, Governadores e Presidentes, são representantes públicos, e como tais, servidores públicos, diuturnamente, de domingo a domingo. Não tem jornada fixa, não ganham hora-extra por trabalharem aos domingos e feriados. E que sirva de registro: trabalham todos os domingos e feriados tomando decisões importantes, sejam de planejamento, sejam de direcionamento da execução de atendimentos emergenciais.

Nem sempre é possível separar as agendas oficiais dos poucos momentos destinados à vida pessoal, quando se ocupa determinados cargos. Cite-se como exemplo a Presidência da República e algumas Governadorias, dotadas de residência oficial para os chefes de poder, em que não se imagina a(o) Presidente ou tais Governadores deixando o próprio “lar” (ainda que temporário, pelo tempo do exercício do cargo) para participarem de pequenas congratulações por aniversários de membros da família, por exemplo. 

Isso ocorre porque é muito comum que determinados cargos, como o de Prefeito, consumam quase todo o tempo de seus titulares com eventos e responsabilidades da função. “Nem sempre é possível desvestir-se do cargo para ir até o almoço mais próximo, antes de regressar para a próxima reunião, para próximo compromisso”.

No sábado em questão, o Prefeito teve compromissos naturais do cargo, especialmente na vistoria de obras do PAC que estão sendo realizadas no Município. O deslocamento para o evento público ocorreu sucessivamente a tais atividades, e ainda no exercício das funções, como Prefeito.

Não ocorreu uso indevido de bem público a bem de partido!

“É intuitivo que naturalmente os agentes públicos prefiram, por uns poucos minutos, apresentarem-se em alguns eventos como cidadãos comuns, simpatizantes de seu próprio partido, torcedores de seu próprio time de futebol, mas nem sempre esses atos são bem vistos, e parece que parte dos críticos procura lançar um olhar negativo quando, em manifestações comedidas e limitadas ao decoro que os cargos exigem somente a postura oficial seja manifestada”, disse o Prefeito.

Como esclarecido, o uso do veículo de trabalho ocorreu porque o deslocamento ao evento foi precedido e sucedido de outras agendas públicas. Dito isso, ficam rechaçadas quaisquer insinuações de que o deslocamento do Prefeito de Ivinhema ao evento partidário do PMDB realizado no dia 07/06 deste ano tenha conotação eleitoral, e assim também aquelas de que teria ocorrido uso indevido e ilegal de bem público.

Ainda nesse sentido, não podem e não merecem ser criticadas as medidas de austeridade fiscal e financeira adotadas para equilibrar as finanças da Prefeitura Municipal, uma vez que indispensáveis ao reequilíbrio financeiro e fiscal da municipalidade.” Feitos esses esclarecimentos, o Prefeito se despediu reiterando sua posição de respeito à liberdade de informação e de manifestação do pensamento, desde que o sejam de forma responsável, sem que esqueça que por trás dos cargos públicos existem pessoas comuns, com dignidade e orgulho próprios, com família e vida social.” 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.