Buscar

Prefeito de Nova Andradina vence etapa estadual do Prêmio Prefeito Empreendedor

Gestão nova-andradinense conquista as categorias “Inovação e Sustentabilidade”, “Melhor Projeto” e “Atores do Desenvolvimento”

O prefeito Roberto Hashioka venceu a etapa estadual da IX Edição do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, com o projeto “Prodinan – Programa de Desenvolvimento e Apoio à Industrialização do município de Nova Andradina”, iniciativa responsável pela implantação do Distrito Industrial. Com a conquista do primeiro lugar geral nas categorias “Melhor Projeto” e “Inovação e Sustentabilidade”, Nova Andradina é protagonista estadual na implementação de 42 empresas, na geração de 482 empregos e na formalização da Fundação Instituto de Tecnologia e Inovação de Nova Andradina (Finova).

Também premiado na categoria “Atores do Desenvolvimento”, o município é referência pela regulamentação da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas, por executar através da Secretaria Municipal de Finanças e Gestão, um programa de estímulo à criação de novos negócios e sustentabilidade das pequenas empresas. A iniciativa, que contribui para a geração de emprego, bem como melhoria dos indicadores sociais do município, também privilegia os pequenos empreendedores no fornecimento de bens e serviços à Prefeitura nas licitações de até R$ 80 mil.

Prefeito Roberto Hashioka, foi o grande premiado do dia, já que ficou com o título de Melhor Projeto, venceu a categoria “Inovação e Sustentabilidade”; e levou ainda o troféu “Atores do Desenvolvimento” (Foto: Afrânio Pissini - Sebrae MS)

A premiação, organizada pelo Sebrae MS, marca o reconhecimento aos gestores públicos que implementaram projetos com foco no desenvolvimento dos pequenos negócios e na modernização da gestão pública. A solenidade aconteceu na tarde desta quinta-feira (31), em Campo Grande e contou com a presença do Governador Reinaldo Azambuja, do superintendente do Sebrae/MS, Claudio George Mendonça, do Diretor-Presidente da FUNDECT, Marcelo Turine, do secretário de Estado Titular da Semade (Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico),  Jaime Verruck, e os secretários municipais Marcio Costa (Desenvolvimento Integrado) e Renato Pires (Planejamento e Controle).

“Nova Andradina é uma das cidades mais promissoras de Mato Grosso do Sul por que tem como grande capital o nova-andradinense. Somadas às políticas públicas implementadas pelo Governo Municipal ao agronegócio, comércio e prestação de serviços, além da referência nas áreas Educacional e de Saúde, não tenho dúvidas do futuro próximo como polo industrial, de tecnologia e inovação. Um desafio, que só conseguimos alcançar por meio de parcerias com universidades, o Sistema S, Governo do Estado, enfim, uma somatória de esforços”, ressaltou o prefeito.

Para o gestor, o empreendedorismo se consolida de forma efetiva no município, com a integração do Sistema S aos projetos de capacitação de empresários e qualificação da mão-de-obra. “Nova Andradina atua em sinergia com o Sistema S e a cadeia produtiva, o que resulta no fortalecimento da nossa economia, atrai novas empresas e consolida nosso desejo de transformá-la em uma cidade inovadora”, complementa.

O objetivo do prêmio é identificar, valorizar e disseminar iniciativas de inclusão produtiva das prefeituras de todo país e que resultem em mais empresas, empregos e cidadania. A premiação prevê ainda, que os vencedores estaduais concorram à etapa nacional em 12 categorias, inclusive a de “Melhor Projeto Nacional”, um prêmio para o melhor projeto de cada região. Além disso, os vencedores passam a integrar a Rede de Prefeitos Empreendedores e seus respectivos projetos vencedores serão disponibilizados para consulta no site do Prêmio e no Portal do Desenvolvimento Local.

PRODINAN

O Programa de Desenvolvimento e Apoio à Industrialização do município de Nova Andradina é uma iniciativa da Prefeitura de Nova Andradina, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Integrado, que visa promover ações de apoio a micros, pequenas e médias empresas do setor industrial e as que desenvolvam atividade de apoio à industrialização como tecnologia com registro de patente, informática consistente no desenvolvimento de software, execução de serviços de comunicação de dados e provedores de internet, biotecnologia, pesquisa e desenvolvimento tecnológico e de inovação de produtos e processos produtivos ligados ao setor industrial e do agronegócio.

Instituído em 2003, o programa recebeu investimentos e infraestrutura da ordem de R$ 9.921.602,16. Os recursos são relativos a desapropriações, asfalto, terraplanagem e limpeza, incentivos/renúncias fiscais/IPTU e a construção da Incubadora e Aceleradora de empresas. Com base no aumento e solidez do mercado de trabalho, o Prodinan também tem como alicerce o desenvolvimento econômico, industrial, social e tecnológico do município, além de estimular o adensamento de cadeias produtivas regionais e elevar a incorporação de novos conhecimentos, tecnologia e inovação.

Como desdobramento ao Prodinan, o município também implementou o Probatec, Programa de Desenvolvimento Sustentável de Base Tecnológica e de Inovação, ferramenta desenvolvida pela Finova e que reforça as ações do Executivo com foco no desenvolvimento. A iniciativa conta com a adesão de Universidades Públicas e Privadas e demais instituições do Sistema S.

 “Desde a sanção desta Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas temos assegurado um tratamento diferenciado aos negócios locais, aperfeiçoando ferramentas no sentido de garantir esse tratamento, desburocratizando e modernizando os processos de trabalho para o crescimento e o desenvolvimento local das microempresas e das empresas de pequeno porte”, afirmou o chefe do Executivo municipal.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.