Buscar

Prefeito sanciona  reajuste  e  confirma pagamento com correção já em março 

O prefeito Roberto Hashioka sancionou a lei complementar n°. 199/2016 que dispõe sobre a revisão geral de remuneração dos servidores do Executivo e confirmou o pagamento com a correção já para esta quinta-feira (31). O anúncio foi feito em audiência com o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Nova Andradina, Leandro Domingues, esta quarta-feira (30).Para chegar ao percentual de 10,36%, aprovado por unanimidade pela Câmara de Vereadores, a Prefeitura de Nova Andradina utilizou como referência o montante apurado pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), elaborado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em fevereiro de 2016, relativo aos 12 meses anteriores. 

Prefeito destacou atuação do sindicato em prol dos servidores municipais de Nova Andradina (Foto: Thiago Odeque/PMNA)

Na ocasião, o chefe do Executivo de Nova Andradina reiterou que a definição do percentual foi fundamentada na avaliação da capacidade financeira do Tesouro Municipal para absorver os impactos da revisão anual, bem como está balizada nos limites para despesas de pessoal do Poder Executivo determinados pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).“Temos mantido uma ótima relação com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Nova Andradina, que tem atuado em sinergia com o Poder Executivo, proporcionando um diálogo coerente entre Prefeitura e os seus funcionários. Essa parceria é de grande importância, pois é benéfica para ambos os lados”, observou o prefeito Roberto Hashioka. O gestor enfatizou ainda que além das recomposições anuais nos vencimentos dos servidores públicos em março de 2013, 2014, 2015 e 2016, na atual gestão, o Governo Municipal apresentou outras duas correções salariais, em outubro de 2013 e outubro de 2014, ambas de 10%, como forma de corrigir a remuneração das categorias que ficaram sem reajustes de 2010 a 2012.“Essa é uma política que adotamos à risca em todos os anos dos nossos mandatos. Agora, com as seis correções apresentadas no decorrer dos últimos 39 meses deste terceiro mandato, atingimos um reajuste acumulado de 61,6%, superando, em muito, para se ter uma ideia, a inflação dos últimos anos”, ratificou o chefe do Executivo de Nova Andradina.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.