Buscar

Prefeitura compra tomógrafo para o Hospital Regional

Equipamento de última geração atenderá o futuro Centro de Diagnóstico por Imagem (CDI), que segue em construção

Foto: Divulgação

Cb image default

O prefeito Gilberto Garcia anunciou nesta terça-feira (22) a aquisição de um tomógrafo computadorizado de 16 canais para a estruturação do futuro Centro de Diagnóstico de Imagem (CDI), que está em fase de construção no novo complexo do Hospital Regional de Nova Andradina.

O equipamento de última geração faz tomografia de corpo inteiro, oferece imagens de altíssima resolução, auxiliando no diagnóstico mais preciso especialmente para as áreas de ortopedia, cardiologia e vascular. O valor do investimento é de R$ 910 mil.

A compra foi viabilizada com recursos de emenda parlamentar no valor de R$ 1 milhão. Articulada por Gilberto Garcia junto ao ex-senador Antonio Russo, a emenda foi depositada na conta da Prefeitura de Nova Andradina ao ano de 2010, quando o atual prefeito exercia seu primeiro mandato.

Como a obra do CDI não está concluída, o dinheiro foi aplicado e rendeu juros. Graças ao rendimento gerado nesses últimos anos, o município ainda lançará um novo edital de licitação para a compra de um novo e moderno aparelho de raio-x para atender a unidade hospitalar. Juntos, os investimentos poderão ultrapassar a marca de 1,4 milhão de reais.

Para o prefeito Gilberto Garcia, as novas aquisições só reforçam o compromisso que a administração municipal tem em oferecer o que há de melhor em tecnologia de primeiro mundo para os pacientes e usuários do hospital, cujo atendimento é 100% SUS.

"Sem dúvida, os aparelhos vêm aprimorar os serviços prestados, oportunizando mais agilidade na realização dos exames de maior complexidade, no diagnóstico de doenças e, consequentemente, as respostas serão mais rápidas aos pacientes. É a saúde de Nova Andradina avançando e tornando-se referência no atendimento de média e alta complexidade", declarou.

A empresa vencedora da licitação é a Canon Medical Systems do Brasil Ltda. A previsão é que as obras no CDI sejam concluídas em meados de 2020.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.