Buscar

Prefeitura de Nova Andradina anuncia isenção de impostos para indústrias

Benefícios irão contemplar empresas inseridas no Prodinan 

Prefeito Roberto Hashioka ressaltou benefícios do projeto (Foto: Natalho Cuer/PMNA)

O prefeito Roberto Hashioka ratificou nesta semana mais uma iniciativa de incentivo à industrialização. Já sancionado, o projeto de autoria do chefe do Executivo municipal visa a isenção dos impostos Predial e Territorial Urbano (IPTU) e sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) pelo prazo de 10 anos. 

Segundo a nova lei, a contagem do período terá início a partir do efetivo funcionamento da empresa. “É importante ressaltar que para a aprovação deste projeto foram cumpridos todos os requisitos exigidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal”, disse o prefeito.

De acordo com o gestor, a proposta irá contemplar todos os empreendimentos que estiverem enquadrados no Programa de Desenvolvimento e Apoio à Industrialização de Nova Andradina (Prodinan).  

A iniciativa também foi considerada na estimativa de receita da Lei Orçamentária e não afetará as metas de resultados fiscais previstas na Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO), assim como a estimativa do impacto orçamentário-financeiro no exercício em que deva iniciar sua vigência e nos dois períodos seguintes.

Para o gestor, a medida irá reforçar as ações de incentivo do Governo Municipal, com o intuito de atrair novas indústrias. “Com uma política de incentivos diferenciada, sempre buscamos atrair novos empreendimentos, aliando a oferta de cursos para uma mão-de-obra qualificada à estrutura necessária para a instalação destas empresas”, detalhou.

Hashioka acrescentou ainda a ampliação do Distrito Industrial de Nova Andradina. “Na época em que o criamos, havíamos adquirido aproximadamente 100 hectares. Agora, já no primeiro ano de nosso terceiro mandato, adquirimos outros 21,33, ampliando os nossos investimentos e, consequentemente, gerando novos empregos”, salientou.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.