Buscar

Prefeitura de Nova Andradina faz entrega de uniformes

Hashioka esteve presente na entrega (Foto: Divulgação)

O prefeito Roberto Hashioka iniciou nesta terça-feira (18), a entrega dos uniformes escolares para os Centros de Educação Infantil de Nova Andradina.

As entregas tiveram inicio pelos Ceinf’s Elizabeth de Robiano, Sonho de Criança, Mundo Encantado, Educar para Crescer, Paulo Silveira Fattor, Pequeno Príncipe e Rita Ribeiro Hashinokuti. Foram adquiridos 3 mil uniformes, sendo que a Reme disponibilizará duas camisetas por estudante.

As cerimônias foram acompanhadas pela subsecretária pedagógica da secretaria municipal de Educação, Cultura e Esporte (Semec) Lucia Pires de Araujo, da coordenadora de gestão da Educação, Geni Sueli Lombarde Arraes, da coordenadora da Educação Infantil Maria Cleide Davi Nogueira e pelo diretor-geral de Administração e Finanças da Semec Ronan Fernandes, além de diretores, professores e Pais de alunos.

As solenidades que marcaram o primeiro dia da entrega dos uniformes também contaram com a presença do presidente da Câmara Newton Luiz de Oliveira e vereadores Quemuel de Alencar, Cido Pantanal e Zé Bugre.

Segundo o prefeito Roberto Hashioka, a entrega destes uniformes demonstra mais um comprometimento da administração municipal.

“Nova Andradina é uma cidade muito bonita e, ficamos felizes em ver nossas crianças saudáveis, lindas, cheia de energia, simpáticas e inteligentes. É para nós, a certeza de que no futuro teremos homens e mulheres participando e trabalhando ativamente para a nossa cidade”, destacou.

A construção de novos Centros de Educação Infantil (Ceinf) também pautou o discurso do gestor. “Nossa determinação é para que sejam construídos Ceinfs nos bairros Irman Ribeiro, Universitário e em Nova Casa Verde. Além disso, vou ampliar a Escola Moura Andrade e outras unidades de ensino”, salientou Hashioka. 

Na oportunidade, o gestor reiterou a legislação que obriga os pais a matricular os filhos de 4 e 5 anos na Educação Infantil. “Eu quero me antecipar e colocar não só crianças de 4 e 5 anos, mas também as menores, pois somos sabedores da importância nesta fase para a formação intelectual de bons cidadãos”, concluiu.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.