Buscar

Prefeitura de Nova Andradina investe mais de R$ 1,8 milhão para recuperar vias urbanas 

Hashioka também elencou projetos voltados para infraestrutura dos bairros Horto Florestal, Guiomar Soares, Vila Beatriz, Irman Ribeiro, Celina Gonçalves, Almesinda Costa Souza e Randolfo Jareta

O prefeito Roberto Hashioka destacou nesta segunda-feira (8) o investimento de mais R$ 1.826.569,50 em recursos próprios para recuperar diversas vias urbanas de Nova Andradina. Os recursos também incluem a substituição por asfalto de ruas anteriormente pavimentadas com bloquete. 

"Fizemos um aditivo para complementar esses serviços que estão sendo executados nas ruas que apresentavam dificuldades de drenagem, como a Milton Modesto e a São José, que têm um perfil topográfico mais plano, dificultando o escoamento das águas", frisou o gestor.

Ruas anteriormente pavimentadas com bloquete agora contam com asfalto (Foto: Natalho Cuer/PMNA)

Nos trechos em que a estrutura estava comprometida todos os bloquetes foram removidos. "Refizemos a terraplanagem, compactamos o subleito, construímos uma nova base com solo de cimento, fizemos a estrutura do pavimento novamente e foi aplicada a camada asfáltica com CBUQ", frisou.

Já em ruas onde o bloquete não apresentava implicações, como a José Domingos, Onofre Gonçalves Lopes e Batayporã, a estrutura foi aproveitada. "Aplicamos uma camada de regularização e depois efetuamos um tratamento simples para evitar a transmissão à superfície de eventuais movimentos do bloquete", detalhou. 

Qualidade e durabilidade

Hashioka enfatizou o revestimento utilizado nas obras. "O CBUQ, concreto betuminoso usinado à quente, é o melhor que existe, possui uma longa durabilidade e proporciona uma textura bem uniforme, homogênea e evita infiltrações de água, pois é uma massa com alta densidade", acrescentou o prefeito.

"Estamos fazendo esses serviços naquela região das ruas Milton Modesto, São José e as perpendiculares da Avenida Antonio Joaquim de Moura Andrade. Onde foi aproveitado o bloquete, a previsão de durabilidade é de 20 anos e, onde não tem, pode ser que dure de 10 a 15 anos", completou. 

Prefeito Roberto Hashioka destacou durabilidade das obras (Foto: Natalho Cuer/PMNA)

O projeto é coordenado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e visa otimizar o fluxo de veículos na região. A substituição de bloquete por asfalto segue o padrão das obras executadas anteriormente na Rua Walter Hubacher. A expectativa é para que a iniciativa contemple, em uma próxima etapa, a Rua Sete de Setembro. 

Mais asfalto

O prefeito Roberto Hashioka também elencou projetos de pavimentação asfáltica em outros bairros de Nova Andradina, como o Antônio Rosário Migliorini e o Edson Zanata. O investimento foi de R$ 849.277,91 em recursos próprios e os serviços na região já foram concluídos.

O gestor ressaltou ainda as obras para a pavimentação de 100% das ruas do Irman Ribeiro. "Toda parte de pavimentação já foi executada, assim como a sinalização na horizontal e vertical. Agora, estão sendo construídos os meios fios com as sarjetas, bocas de lobo e os poços de visita da drenagem que ali foi implantada", disse.

De acordo com o chefe do Executivo, a estimativa é de que sejam investidos no bairro mais de R$ 1,9 milhão. Do total, aproximadamente R$ 1,2 milhão correspondem a recursos próprios do Governo Municipal e outros R$ 650 mil de convênio firmado com o Ministério das Cidades.

Imagens: Natalho Cuer/PMNA

A pavimentação de bairros como Horto Florestal, Guiomar Soares e Vila Beatriz também pautou a declaração do prefeito de Nova Andradina. "Para esta fase já está em processo de licitação, de concorrência, a drenagem destes bairros para, posteriormente, realizarmos a pavimentação asfáltica", anunciou. 

Em relação à infraestrutura para os bairros Celina Gonçalves, Almesinda Costa Souza e Randolfo Jareta, Roberto Hashioka frisou a implantação do sistema de esgotamento sanitário na região. A partir da conclusão, o Executivo de Nova Andradina deverá intensificar as obras de redes de drenagem de águas pluviais na localidade. 

A etapa antecede o processo de pavimentação. O investimento é orçado em R$ 10.989.470,56. Deste total, R$ 8.584.433,06 correspondem a recursos de contrato firmado entre Prefeitura e Caixa Econômica Federal. A contrapartida do Governo Municipal está estimada em R$ 2.405.037,50.

Já no tocante às obras na região do prolongamento da Avenida Eurico Soares Andrade, o prefeito pontuou que a empresa responsável deverá ser notificada para dar continuidade aos serviços. "Mas nós estamos com um problema que é a liberação de recursos", adiantou. 

"Essa é uma obra conveniada e os repasses da Sudeco estão com um grande atraso. A contrapartida do município nós cumprimos e está rigorosamente em dia a nossa parte do convenio em que foi estabelecido o valor do Governo Federal e o valor do Governo Municipal", concluiu.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.