Buscar

Prefeitura de Nova Andradina leva cobertores a centenas de famílias de baixa renda

Campanha "Aquece Nova Andradina" foi concluída, beneficiando famílias atendidas nos CRAS de Nova Andradina e serviços da SEMCIAS realizados em Nova Casa Verde

Fotos:William Gomes

Cb image default

Através da Secretaria de Cidadania e Assistência Social, a prefeitura de Nova Andradina realizou mais uma edição da campanha "Aquece Nova Andradina", entregando cobertores a centenas de famílias em situação de vulnerabilidade social.

As famílias contempladas passam por avaliações realizadas por assistentes sociais, por profissionais habilitados que prestam serviço no CRAS Durval Andrade Filho e no CRAS Irman Ribeiro, atendendo-as nos grupos de acompanhamento, tanto em visitas às residências, como pelos atendimentos realizados nas sedes dos Centros de Referência em Assistência Social.

A programação de entrega dos cobertores foi concluída nesta semana, tanto em Nova Andradina quanto no distrito de Nova Casa Verde, com atenção estendida aos assentamentos e bairros rurais.

O prefeito em exercício Newton Luiz Oliveira (Nenão) fez questão de acompanhar as entregas. "Esta é a nossa função a frente do poder público municipal, poder levar um pouco mais de conforto e qualidade de vida para as pessoas", declarou.

Conforme informou a secretária de Assistência Social, Julliana Ortega, o município de Nova Andradina recebeu 1.120 cobertores do governo de Mato Grosso do Sul para atender as famílias em situação de vulnerabilidade cadastradas junto a Semcias.

"Com o apoio e visão sempre humanizada do nosso prefeito Gilberto Garcia e com a colaboração do Governo do Estado, temos a satisfação de levar esse conforto e proteção a quem mais precisa. São centenas de famílias, especialmente crianças e idosos que mais necessitam deste benefício e, com isso, é sempre uma emoção diferente quando levamos a assistência social que justifica cada centavo arrecadado junto ao contribuinte", disse Julliana Ortega.

O município, com recursos próprios, já atua desde o ano passado no atendimento às pessoas mais necessitadas, garantindo a distribuição de cobertores conforme a realidade de cada uma delas. A coordenadora dos Serviços de Inclusão e Assistência Social do município Ana Kelly Clemente, orienta as famílias de baixa renda que não foram contempladas nesta programação, a procurar pela avaliação do CRAS de sua cobertura territorial, a fim de pleitear o benefício.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.