Buscar

Prefeitura de Nova Andradina realiza maior programa de recuperação de estradas rurais da história

Serviços tornam as estradas rurais seguras para o transporte escolar e usuários das vias, além de favorecer o escoamento da produção agrícola

Cb image default
Finalidade é melhorar a trafegabilidade nas estradas vicinais - Foto: Divulgação

Com a finalidade de melhorar a trafegabilidade nas estradas vicinais, favorecendo o escoamento da safra e o meio ambiente, a Prefeitura de Nova Andradina está realizando o maior programa de recuperação de estradas não pavimentadas da história do município.

Nos últimos 18 meses, a Secretaria de Serviços Públicos (Semusp), responsável pelo setor, realizou a implantação de pontes madeira e reforma das já existentes, serviços de raspagem mecânica, construção de camaleões e saída de água, implantação de tubulações em trechos de baixadas, alargamento de estradas, aterro em pontos críticos, e extensão de linhas para atender o transporte escolar em estradas dão acesso aos assentamentos e bairros rurais.

Serviços executados e localidades atendidas

Responsável pela recuperação de quase 1700 km de estradas rurais do município, o secretário Roberto Ginal destacou a nova metodologia utilizada para aumentar a durabilidade dos serviços executados. “Com o objetivo de interromper o curso das águas das chuvas e evitar que eles se acumulem e causem a erosão, o governo municipal adotou diversos recursos técnicos, maquinas e equipamentos que favorecem a conservação da estrada”, informa.

Com apoio de uma escavadeira, pá-carregadeira e motoniveladora, as equipes de trabalho realizaram a restauração, recuperação, construção de aterro em pontos críticos e de camaleões na estrada municipal 17 de abril e outros trechos do assentamento Teijin.

Na estrada Municipal do bairro São Bento até o rio São Bento, região que dá acesso a fazendas como São Pedro e 7 de Dezembro, entre outras localidades, os usuários puderam visualizar as máquinas e caminhões executando serviços de raspagem mecânica, alargamento lateral da estrada, aterro em diversos pontos, construção de camaleões e saída de água.

De acordo com o secretário de serviços públicos, Roberto Ginel, as estradas vicinais são as principais portas de acesso entre a produção e as rodovias e fundamentais para a circulação de mercadorias e de pessoas. “Se estão em condições ruins também causam prejuízos aos veículos e até mesmo interrompem o tráfego. Nossa meta é torna-las mais seguras, melhorando a qualidade de vida dos moradores e apoiando os produtores rurais”, explica.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.