Buscar

Preocupados com o amanhã, moradores de Batayporã executam projeto que  incetiva  a coleta seletiva

O intuito é chamar a atenção dos moradores para o compromisso pessoal que cada cidadão em contribuir para que a coleta seletiva aconteça corretamente

Roseli Nogueira destacou que ação é simples, mas é uma forma de incentivar os moradores a seguir a coleta seletiva (Imagem: Germino Roz / Nova News)

Na noite desta quinta-feira (05), um grupo de moradores das ruas João Tolotti e Joaquim Gonçalves da Silva, da Vila Antônia Nantes, da cidade de Batayporã, deu início a um projeto intitulado “Casa comum, nossa responsabilidade”. De acordo com a idealizadora do projeto, Roseli Nogueira, o intuito da ação é despertar os moradores para a necessidade de preservar o meio ambiente através da coleta seletiva.

O grupo de moradores intitulado “Grupo Mãe Aparecida”, pertence à Igreja Católica de Batayporã e, diante do tema de proposto pela Campanha da Fraternidade, surgiu a ideia de preparar uma ação concreta. Roseli conta que o grupo passou a coletar apoio e arrecadar tambores que foram cortados, lavados e preparados para serem distribuídos para os moradores das ruas João Tolotti e Joaquim Gonçalves da Silva. “Foram mais de 100 tambores que agora serão destinados à todos os moradores destas duas ruas para que eles passem a selecionar o lixo reciclável”, explicou Rose.

A secretária de Meio Ambiente e Turismo da cidade de Batayporã, Darsiza Madalena, esteve na abertura do projeto e parabenizou a ação dos moradores. “Isso é inovador e satisfatório. A população que se preocupa com esse tema ao ponto de se comprometer a incentivar os vizinhos a também se preocuparem com certeza irá obter bons resultados. A administração tem seus compromissos para com a população, mas a população precisa se esforçar e entender que só o poder público não é capaz de mudar muita coisa. A união sempre foi e sempre será o caminho mais rápido. Esperamos que outras comunidades se espelhem nessa atitude e que em breve o projeto se espalhe por toda cidade”, disse a secretária.

Mais de 100 tambores foram confeccionados pelos moradores e serão destinados as pessoas que residem nas Ruas João Tolotti e Joaquim Gonçalves (Imagem: Germino Roz/Nova News)

Batayporã realiza a coleta de lixo reciclável todas a terças e quintas-feiras, da rodovia Alcides  Sãovesso até a Rua Antônio Nunes da Costa (Antiga Sergipe). Nas segundas, quartas e sextas-feiras, a coleta seletiva abrange todas as vilas da cidade. A secretária de meio ambiente explica que nesses dias a população precisa preparar seu lixo reciclável e colocá-lo à disposição dos servidores municipais que irão recolher o material e destiná-lo até a cooperativa de reciclagem do município. “Esses dias são reservados para a coleta de lixo seco, de lixo que pode ser reciclado. A população precisa adotar esse hábito”, disse.

O projeto foi incentivado por várias instituições e empresários da cidade de Batayporã. O grupo Mãe Aparecida agradeceu todo o apoio recebido em especial o Padre Everton, pároco do município de Batayporã. Ao final do evento, cada morador recebeu um tambor e levou para casa o compromisso de fazer a diferença a partir da coleta seletiva de sua residência. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.