Buscar

Presidentes dos Conselhos Municipais de Direitos da Mulher participam de encontro na capital

(Foto: Assessoria de Imprensa)

Na presença da subsecretária de Políticas Públicas para Mulheres, Luciana Azambuja Roca; a primeira-dama Fátima Azambuja falou do cuidado que este governo tem desde os primeiros dias de gestão no combate a violência contra mulheres. “Desde o início do governo esse assunto sempre esteve em pauta. Sabemos que para melhorar os índices é necessária ação conjunta com municípios e estado. O problema é bem mais complexo e o amparo deve ser em todos os sentidos, principalmente, no fator emprego. Nossa luta é possibilitar que a mulher vítima de violência possa ter sua independência financeira”, reforçou a primeira-dama.

O encontro das gestoras aconteceu nos dias 18 e 19 de fevereiro, na sede da OAB/MS em Campo Grande, capital do estado, para discutir o fortalecimento das políticas para mulheres, considerando as particularidades e peculiaridades de cada município. Uma carta de recomendações contendo as principais reivindicações será enviada a todos os prefeitos e órgãos envolvidos, como direcionamento das ações e serviços a serem implementados.

Em meio a temas atuais para os debates, o encontro teve como objetivo fortalecer os órgãos locais para o empoderamento destes equipamentos nos municípios e enriquecer o papel das políticas públicas na promoção da autonomia das mulheres e equidade de gênero. Com isso, o objetivo maior é a implementação de atividades, programas e projetos municipais e regionais no ano de 2016, considerando as recomendações recebidas da 4ª Conferência Estadual de Políticas para Mulheres e os planos nacional e estadual de políticas públicas para mulheres. (Com informações da CPPMB).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.