Buscar

Professores reconhecem o respeito do Governo de Nova Andradina com a Educação Pública

Rede Municipal de Ensino é referência em projetos e indicadores e, conforme a Fetems, lidera pela primeira vez, ranking salarial no interior de MS

Cb image default
Presidente do SIMTED, Edson Granato, com o prefeito Gilberto Garcia - Imagem: Arquivo / Cogecom

Os indicadores da rede municipal de ensino de Nova Andradina, reconhecidos como os melhores de Mato Grosso do Sul, são resultantes das práticas inovadoras, de projetos bem-sucedidos, além de iniciativas pioneiras, como a primeira escola de idiomas e tecnologias instalada no CIT.

Outra marca alcançada pela atual gestão foi indicada no novo ranking da FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) divulgado na semana anterior. Após fechamento do período das negociações das data-bases e reajustes salariais tanto na esfera estadual, quanto nos municípios, pela primeira vez, Nova Andradina se apresentou no topo do ranking dentre todas as cidades do interior do Estado.

O salário da rede municipal de ensino de Nova Andradina só perde para Campo Grande e à rede estadual, que é o segundo maior do país. A evolução neste quesito é fruto da valorização do magistério e da compreensão do prefeito Gilberto Garcia de que a educação e seus agentes, especialmente os que atuam no ensino, é política governamental prioritária de sua gestão.

Este patamar alcançado pela gestão aponta para a mudança nas relações do Governo com as entidades representativas da Educação Municipal, em respeito às suas reivindicações, não somente à questão salarial, mas sobretudo à valorização da carreira do magistério municipal, estabelecendo melhorias no Plano de Cargos e Carreiras do Magistério da rede e gozar, pela primeira vez, do direito de 1/3 de hora atividade, período em que o professor pode preparar, planejar e programar o desenvolvimento do ensino e da aprendizagem à sua disciplina.

“A educação sempre foi considerada um pilar do nosso tripé que orienta nosso governo. Acreditar e valorizar o ensino público é apostar no futuro das nossas crianças e agir para que no presente elas mudem para melhor os valores sociais e ajudem a construir mentalidades baseadas no respeito às leis, aos deveres, ao meio ambiente e em preparação para os sonhos do futuro, em buscar, fundamentalmente, alcançar a profissão que deseja desempenhar”, considera o prefeito Gilberto Garcia.

Para o presidente Edson Granato, este é um reconhecimento aos que educam nossas crianças e jovens para a vida e para o futuro. Sem a valorização da escola pública, e dos seus trabalhadores, não há desenvolvimento. “A valorização profissional é fundamental para os avanços na qualidade da educação pública municipal”, reitera Edson.

No primeiro semestre, a Câmara de Vereadores aprovou o projeto de lei complementar do Executivo que orientou pelo reajuste salarial novamente acima da inflação do último período. Com isso, Nova Andradina passou a pagar não apenas o piso salarial nacional como maior piso salarial ao professor de início de carreira dentre os municípios do interior do estado.

Conforme a tabela divulgada pela Fetems, a remuneração do professor de Nova Andradina é R$ 3.860,00 e concedendo também 1/3 de hora-atividade por uma jornada de 40 horas semanais.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.