Buscar

Projeto para  instalação  de  fábrica  de calçados é apresentado pela prefeitura de Nova Andradina 

Empresa visa à implantação de curtume, fabricação de calçados e demais atividades relacionadas à indústria do couro

O prefeito Roberto Hashioka apresentou à Câmara de Vereadores projeto de lei ordinária que dispõe sobre a concessão de direito real de uso de terreno ao Curtume Viposa S.A. Indústria e Comércio. A proposta de autoria do Executivo foi oficializada à Casa de Leis após parecer autorizativo do Conselho Municipal de Desenvolvimento Industrial (CMDI).

Prefeitura também garante infraestrutura para instalação de novos empreendimentos (Foto: Natalho Cuer/PMNA)

A medida vem para reforçar as políticas de incentivo em prol da diversificação econômica do município. “Temos potencial em vários setores que precisam ser explorados. Nosso Arranjo Produtivo Local Pólo Nova Costura, por exemplo, foi um dos primeiros do Estado a ser reconhecido pelo Ministério do Desenvolvimento, o que representa um incentivo a mais para a diversificação da economia”, disse o gestor.

Aliada a estas ações, Roberto Hashioka frisou a ampliação do Distrito Industrial. “Quando o criamos, foram adquiridos cerca de 100 hectares. Já em 2013, no primeiro ano de nosso terceiro mandato, adquirimos outros 21,33 hectares, ampliando os nossos investimentos e, consequentemente, gerando novos empregos”, salientou o chefe do Executivo.

Prefeito enfatizou apoio da deputada Dione Hashioka e da diretoria da ACINA (Foto: Severino Santos)

O prefeito também ratificou a efetivação da lei de autoria do Governo Municipal que isenta, por 10 anos, os impostos Predial e Territorial Urbano (IPTU) e sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) às empresas enquadradas no Programa de Desenvolvimento e Apoio à Industrialização de Nova Andradina, o Prodinan. “Não tenho dúvidas de que novos tempos estão chegando”, ressaltou.

Leia também
  • Conselhos de Saúde realizam plenária em Nova Andradina
  • Alunos de Nova Andradina debatem avanços da computação 

Hashioka acrescentou ainda que a partir de uma política de incentivos diferenciada o Governo Municipal tem buscado atrair novos empreendimentos, aliando a oferta de cursos para uma mão-de-obra qualificada à estrutura necessária para a instalação de empresas. “Caminhando pela cidade nós percebemos claramente todo o desenvolvimento e todos os empreendimentos que estão acontecendo”, comentou. 

“Com o firme propósito de atender as necessidades e o desenvolvimento de Nova Andradina, realizamos doações e concessões de direito real de uso de lotes para empreendimentos não poluentes efetuarem sua instalação, ampliação ou relocalização, visando criar facilidades e incentivos fiscais de forma que possamos fomentar a industrialização no município e ampliar o mercado de trabalho”, finalizou Hashioka.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.