Buscar

Puccinelli retorna a Nova Andradina e crava que vice de Gilberto sai até quinta-feira (28) 

O ex-governador André Puccinelli (PMDB) retornou na manhã deste sábado (23) a Nova Andradina, para tentar liquidar a fatura em torno do nome do ex-prefeito Gilberto Garcia, candidato a prefeito pelo Partido da República (PR). Um arco de alianças proposto por Puccinelli na última semana tinha como ‘Dia D’ este sábado.

A proposta girava em torno de uma pesquisa que indicaria ou o nome do atual vereador Newton Luiz de Oliveira, Nenão (PMDB), ou do atual vice-prefeito de Nova Andradina, Milton Sena (PDT), para que fosse o vice de Gilberto, formando assim, uma chapa forte para a disputa de outubro próximo.

A ideia de André é formar o chamado Bloco de Oposição e, desta forma, impedir que a disputa fique pulverizada em três ou quatro candidaturas (Imagem: Almir Portela / Nova News)

A chegada do italiano gerou certo frisson no meio político da Cidade Sorriso na manhã deste sábado, mas após uma reunião com líderes políticos, que dão sustentação ao nome de Garcia na corrida rumo à cadeira, hoje ocupada por Hashioka, foi decidido que o prazo para a batida do martelo seria adiado para próxima quinta-feira (27).

Mesmo sem sacramentar a aliança, lideranças que participaram da reunião disseram ao Nova News que a proposta de união entre Gilberto, Nenão e Milton Sena ganhou corpo, chegando ao ponto de, tanto Nenão quanto Sena, sinalizarem até mesmo abrirem mão da disputa, se lançarem ao cargo de vereador e, desta forma, deixarem a vaga de vice para outro partido aliado. Esse é o caso do PROS que, em convenção realizada na última quarta-feira (20), já anunciou os nomes de Magrelo Brambilla e Edval.

Segundo se ventilou nas palavras de Puccinelli, o grupo liderado por Gilberto Garcia estaria disposto a assediar até mesmo o PT, que tem o empresário Edilson do Gás como nome certo para a disputa. A ideia de André é mesmo formar o chamado "Bloco de Oposição" e, desta forma, impedir que a disputa fique pulverizada em três ou quatro candidaturas. O PR, comandado por Gilberto, ainda não anunciou oficialmente a data em que será realizada sua convenção, momento em que estas articulações deverão ser seladas de vez. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.