Buscar

Reunião programada para esta segunda-feira (05) pode decidir futuro do Frigorífico Minerva em Batayporã

Encontro deve contar com a participação do governador Reinaldo Azambuja

Cb image default
Frigorífico Minerva de Batayporã chegou a gerar cerca de 700 empregos diretos - Imagem: Acácio Gomes / Arquivo / Nova News

Uma reunião programada para acontecer a partir das 14h30 desta segunda-feira (05), em Campo Grande, pode decidir o futuro da unidade do Frigorífico Minerva em Batayporã, fechada desde julho de 2015.

Devem participar do encontro representantes da Minerva Foods; o governador Reinaldo Azambuja; a vice-governadora Rose Modesto; membros da família Capuci, responsável pela planta frigorífica; o prefeito de Batayporã, Jorge Takahashi e vereadores do município.

O Nova News apurou que uma das pautas do encontro é estudar a viabilidade e o interesse da Minerva Foods na possível reativação do frigorífico que gerava cerca de 700 empregos em Batayporã e que muito contribuía para a economia, não apenas da cidade, mas de toda a região.

Na época do fechamento, segundo os responsáveis pelo Minerva Foods, a decisão de encerrar a operação na cidade foi inevitável à medida que representava uma readequação das operações da companhia no Brasil como forma de obter melhorias de eficiência em rendimento, economia de custos por aumento da otimização da capacidade instalada e incremento de rentabilidade por reequilíbrio geográfico de suas operações.

Em outras palavras, o Minerva anunciou que manteria em atividade apenas unidades instaladas em regiões onde o funcionamento da empresa for mais viável, desativando plantas onde a atividade não apresenta o rendimento esperado, como, certamente, na avaliação de seus responsáveis, foi o caso da unidade de Batayporã, onde a empresa funcionava desde fevereiro de 2006.

Nos últimos anos, em várias oportunidades, alguns órgãos de imprensa da região chegaram a noticiar, de forma irresponsável, a reabertura do frigorífico, informação que sempre foi contestada pela agência que faz o serviço de assessoria de imprensa para empresa.

Agora com o agendamento de uma reunião, inclusive com a participação do governador do Estado, os representantes da empresa deverão esclarecer qual é o posicionamento atual da Minerva Foods sobre a planta frigorífica instalada em Batayporã e se há ou não a intenção de reativá-la. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.