Buscar

Reunião pública debaterá recuperação da bacia do Rio Ivinhema

Entre os municípios inseridos estão Nova Andradina, Anaurilândia, Batayporã, Angélica, Ivinhema e Taquarussu

Acontece nesta quarta-feira (25), em Dourados, uma reunião pública para apresentação da versão preliminar do Plano de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Rio Ivinhema. O encontro é um convite do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) e do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Ivinhema.

A organização espera mobilizar a população interessada para conhecer a versão, debater as propostas do plano e suas ações necessárias na bacia para os próximos 15 anos. Para participar do evento, foram convidados representantes do setor público, universitários, empresários, pesquisadores e profissionais da imprensa.

Imagem: Imasul

Na ocasião a empresa DMTR Engenharia, responsável pela elaboração dos trabalhos, além de apresentar o planejamento para a Bacia vai ouvir as sugestões e questionamentos da população. Técnicos do Imasul participam da reunião para dar esclarecimentos e tirar possíveis dúvidas.

Ao todo, 25 municípios da região centro-sul do Estado estão inseridos na Bacia Hidrográfica do Rio Ivinhema. São eles: Anaurilândia, Angélica, Antônio João, Batayporã, Caarapó, Deodápolis, Douradina, Dourados, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Itaporã, Ivinhema, Jatei, Juti, Laguna Carapã, Maracaju, Naviraí, Nova Alvorado do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Ponta Porã, Rio Brilhante, Sidrolândia, Taquarussu e Vicentina.

Imagem: Imasul
Saiba mais
  • Imasul desenvolve Plano da Bacia do Rio Ivinhema

De acordo com o Gerente de Recursos Hídricos do Imasul, Leonardo Sampaio Costa, a criação do plano de recuperação da bacia hidrográfica do Rio Ivinhema deve contar com a participação de vários segmentos da sociedade. 

 

“A elaboração do Plano de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Rio Ivinhema será resultado da participação coletiva e democrática de diversos usuários de água e diversos segmentos da sociedade civil e poder publico", afirma. Segundo ele, esta união traçará diretrizes, programas e metas para o planejamento a curto, médio e longo prazo para os múltiplos usos dos recursos hídricos da bacia. A reunião acontece na Câmara Municipal de Dourados, localizada na Av. Marcelino Pires n°3495, a partir das 9h. (As informações são do Notícias MS/Imasul).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.