Buscar

Seminário do milho em Nova Andradina aborda importância da integração lavoura-pecuária

Importante seminário foi promovido nessa quinta-feira (28) no auditório da Prefeitura de Nova Andradina

A busca por alternativas de convivência com as peculiaridades do clima e com a eficiência produtiva da propriedade é um desafio para todo agropecuarista. Neste contexto, a Integração Lavoura-Pecuária (ILP) surge como estratégia sustentável de produção do milho para a região. Ela possibilita a exploração do solo durante o ano todo, alternando na mesma área lavouras e pastagem. Como resultado haverá a produção de grãos, de forragens conservadas e de pastagens de boa qualidade.

Essa temática foi a tônica principal do seminário promovido nesta quinta-feira (28), no auditório da Prefeitura de Nova Andradina. A coordenação do evento é da Embrapa Agropecuária Oeste em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Integrado, AGRAER, Semagro e governo de MS.

O prefeito José Gilberto Garcia, secretário Hernandes Ortiz, Auro Otsubo, chefe adjunto de transferência de tecnologia da Embrapa, os palestrantes da Embrapa Luiz Armando Zago Machado, Fernando Mendes Lamas e Gessi Ceccon, representantes de cooperativas, professor do IFMS, Denis Santiago da Costa, Sindicato Rural e empresários prestigiaram o evento.

Cb image default
Discursando aos presentes, secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Integrado fez parte da coordenação do evento - Foto: João Cláudio/PMNA

Segundo Ortiz, a finalidade deste seminário é disseminar informações e novas tecnologias sobre a integração de duas grandes cadeias produtivas do município, à bovinocultura e a leiteira, além da produção de grãos, abordando especificamente sobre a cultura do milho. “As palestras são uma grande oportunidade para os produtores rurais do município debaterem com especialistas as possibilidades de elevar a produtividade e reduzir os custos de produção”, explicou.

Destacando a grande extensão agrícola do município, as pequenas propriedades rurais e assentamentos, Gilberto reiterou o compromisso do governo municipal com a disseminação de novas tecnologias de inovação, imprescindíveis para o desenvolvimento da agropecuária.

O prefeito citou algumas ações mais recentes como a entrega de patrulhas mecanizadas para os agricultores do Assentamento Teijin, entrega de Contratos de Concessão de Uso aos assentados do Santa Olga, entre outros investimentos fundamentais para o desenvolvimento deste setor. “Com o apoio de instituições como a Embrapa, Agraer, Senar, entre outras, que tem a expertise neste assunto, vamos ampliar as oportunidades, dar tranquilidade e segurança para o produtor rural planejar a sua atividade”, disse o chefe do poder executivo municipal.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.