Buscar

Tô aqui: Primeiro EP de dupla sul-mato-grossense promete resgatar romantismo da música sertaneja

Trabalho reúne músicas próprias e parcerias com outros compositores; produtor da dupla também já integrou projetos com Hugo Pena e Gabriel 

De olho no resgate da música sertaneja romântica, a dupla Elvis e Adriano, de Nova Andradina (MS), acaba de concluir as gravações do EP “Tô aqui”. O primeiro trabalho dos sul-mato-grossenses reúne cinco faixas entre músicas autorais e parcerias com outros compositores. Com a produção musical de Heverton Gaido (Amarelo Produtor), um dos responsáveis pelo sucesso da dupla Hugo Pena e Gabriel, o EP vem para agregar e apresentar as identidades musicais de Elvis e Adriano, com influências que vão de Tonico e Tinoco até Bruno e Marrone.

Influências musicais uniram Elvis e Adriano para o resgate do sertanejo romântico (Imagem: Santi Comunicação)

O trabalho já está disponível na internet e pode ser acessado no site www.elviseadriano.com.br

e www.suamusica.com.br/elviseadriano. Pelo Facebook (www.facebook.com/elviseadrianooficial) e pelo Instagram (www.instagram.com/elviseadrianooficial) também é possível acompanhar as atividades da dupla. Influências 

Responsável pela primeira voz, Adriano, natural de Taquarussu (MS), afirma que a paixão pela música vem de berço. “Fui muito influenciado pelas tradições da minha família e cresci na área rural ouvindo Amado Batista, Rick e Renner, Tonico e Tinoco, Milionário e José Rico entre outros grandes nomes da música”, diz.Sobre os principais anseios da parceria com Elvis, Adriano pontua que a intenção de ambos é tratar o amor “com uma pegada que se estende à busca pelo romantismo em uma essência profunda, misturando o dançante, mas sem perder o respeito e a poesia”. “Acredito que falar de amor não foi uma escolha. Já nascemos com isso. Nosso perfil se encaixa aí, desde a forma de cantar até as composições que criamos. É como costumo sempre dizer: não escolhi a música sertaneja, foi ela quem me escolheu”, acrescenta.Destino 

E foi neste contexto que a dupla nasceu. “A partir de coincidências musicais decidimos formar a dupla, usando referências da década de 1990, com Zezé di Camargo e Luciano, João Paulo e Daniel, Leandro e Leonardo e Bruno e Marrone. A maioria das nossas músicas aborda o lado romântico em referência a esses artistas”, completa Elvis. Ainda sobre a dupla, o cantor acrescenta que o envolvimento surgiu a partir de trabalhos solos e de um convite para integrar a equipe de Adriano. “Eu cantava solo e ele também. Foi quando o Adriano me convidou para fazer parte de sua banda como violonista e segunda voz”, relembra. “Um dia, quando estávamos ensaiando, eu para o meu show e ele para o dele, no fim do ensaio ficamos conversando sobre como estava a carreira e a vida. Então começamos a cantar e a gravar vários vídeos. Um deles postei nas redes sociais e a recepção foi boa, com muita gente elogiando e apoiando para formarmos essa parceria”, frisa Elvis.Futuro 

Recém-concluído, o EP “Tô aqui” já começa a cair nas graças do público. A dupla, inclusive, já conta com apresentações marcadas para os próximos dias 6, 7 e 12 de maio nas cidades de Dourados (MS), Glória de Dourados (MS) e Taquarussu (MS), respectivamente. O contato para shows é o (67) 8176-1116. 

“O grande diferencial está na qualidade das produções e nas vozes, pois não é um timbre tão comum. Além disso, a amizade e o companheirismo dos dois junto à equipe faz com que possamos desenvolver um projeto saudável e duradouro”, enfatiza Claudinei Brambila, sócio-diretor de Os Movidos, empresa que gerencia a carreira de Elvis e Adriano. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.