Buscar

Trânsito matou 25 pessoas e deixou 403 feridos em Nova Andradina 

Números correspondem às ocorrências atendidas pelo Corpo de Bombeiros durante o ano de 2013

O Corpo de Bombeiros de Nova Andradina realizou, durante o ano de 2013, 2.167 atendimentos a ocorrências. Os números fazem parte de levantamento divulgado pela instituição nos últimos dias. O relatório traz situações diversas, como incêndios, salvamentos, atendimentos pré-hospitalares, auxílios e ações preventivas.

De janeiro a dezembro do ano passado, o mês com maior número de ocorrências foi julho, com 238. A menor incidência de atendimentos foi registrada em novembro, com 100. Entre as modalidades que mais se destacaram, está o atendimento pré-hospitalar, com total de 1.119 casos (51,5%), bem acima das demais.

O menor índice de ocorrências são os salvamentos, com apenas 26 casos durante o ano (1,19%). Os incêndios chegaram à casa de 106 casos (4,89%); auxílios, 157 (7,24%) e as ações de prevenção atingiram a marca de 759 (35,3%). Todas as ocorrências atendidas resultaram em 1.105 vítimas feridas e 51 pessoas que morreram no local do fato.

Acidentes de trânsito

De acordo com o levantamento, a parcela de ocorrências que merece atenção especial são os acidentes de trânsito, que atingiram a marca de 324 ao longo do ano (15%). O mês de junho registou maior incidência, com 40 casos e o período que menos registrou este tipo de atendimento foi o mês de maio, com 17.

No decorrer de 2013, apenas os acidentes de trânsito foram responsáveis por 403 vítimas feridas e 25 mortes nas ruas e estradas de Nova Andradina. O mês com mais casos fatais foi novembro, com 11, e os que menos registraram mortes foram fevereiro e abril, ambos com nenhum óbito no local das ocorrências.

Imagem: Márcio Rogério/Arquivo/Nova News 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.