Quarta, 11 de Dezembro de 2019
Buscar

Trégua termina em abril e índios prometem mais retomadas de terras em MS antes da copa

Índios de diversas etnias estão prontos para continuarem a retomada das terras tradicionalmente indígenas em Mato Grosso do Sul. A trégua com proprietários rurais a pedido do governo federal acaba em 30 de abril.

“A União pediu para gente esperar até 30 de junho, mas aí vem a copa e depois as eleições, ou seja, não vão resolver nada, só vão enrolar”, criticou o Lindomar Terena. Segundo o líder, os indígenas decidiram por antecipar o prazo, para pressionar uma decisão urgente.

“Vamos continuar as retomadas por Sidrolândia, Aquidauana e Miranda”, revelou. O governo federal ficou de decidir o quanto irá pagar de indenização a proprietários rurais que tiveram terras ocupadas pelos indígenas.

Em uma primeira proposta foi oferecido o valor pela terra nua, fato que não foi aceito pelos proprietários, que pedem que sejam inclusas no valor as benfeitorias. Os fazendeiros ficaram de apresentar uma contraproposta dos valores até junho, com auxílio de técnicos do governo do Estado.

Ao todo, 31 terras na região entre Sidrolândia e Dois Irmãos do Buriti serão as primeiras indenizadas. Estas propriedades foram ocupadas no ano passado por índios terenas que decidiram por ampliar a Aldeia Buriti, antes em dois hectares, agora com 17 hectares, já produzindo para o sustento dos índios. (Midiamax)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.