Buscar

Vacinação contra a gripe deverá imunizar cerca de 9500 pessoas em Nova Andradina

Campanha nacional começa em 23 de abril e seguirá até 1º de junho

Cb image default
Vacina estará disponível em todas as ESFs e no CEM - Foto: Internet

Anote na agenda: no dia 23 de abril de 2018 começa a Campanha Nacional de Vacinação contra o Influenza, estratégia do Ministério da Saúde para diminuir o impacto da gripe em todo o país. O Dia D, considerado a data mais importante de mobilização nacional, está marcado para 12 de maio, um sábado.

Em Nova Andradina e distrito de Nova Casa Verde, cerca de 9500 pessoas deverão ser imunizadas. A vacina está disponível em todas as ESFs (Estratégias de Saúde da Família) – durante todo o expediente - e no CEM (Centro de Especialidades Médicas) – no período da manhã.

Se você faz parte dos grupos de risco para complicações da doença, sua participação é primordial. A gripe é uma doença séria, que mata mais de 650 mil pessoas todos os anos, de acordo com um recente levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS). Além de causar aqueles sintomas clássicos — febre alta, nariz entupido, cansaço e dor no corpo —, ela está por trás de complicações como pneumonia, e infarto.

A partir da vacinação, em cerca de 10 dias a pessoa já está protegida contra os vírus. As crianças vacinadas pela primeira vez contra a influenza precisam retornar em 30 dias para uma dose de reforço.

O que tem na vacina

Todos os anos, os subtipos dos vírus da gripe que serão incluídos no imunizante mudam. Isso porque os diferentes causadores dessa infecção circulam pelo mundo e sofrem mutações com frequência.

Em 2018, os tipos de vírus incluídos em nossa campanha são o H1N1, o H3N2 e o influenza do tipo B Yamagata.

Programe sua visita ao posto de saúde mais próximo de sua casa.

Poderão se vacinar de forma gratuita aqueles que fazem parte dos grupos prioritários.

• Crianças de 6 meses a 5 anos

• Pessoas com mais de 60 anos

• Gestantes

• Mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias

• Profissionais da saúde

• Professores da rede pública e particular

• População indígena

• Portadores de doenças crônicas, como diabetes, asma e artrite reumatoide

• Indivíduos imunossuprimidos, como pacientes com câncer que fazem quimioterapia e radioterapia

• Portadores de trissomias, como as síndromes de Down e de Klinefelter

• Pessoas privadas de liberdade

• Adolescentes internados em instituições socioeducativas, como a Fundação Casa

Dicas para se prevenir da gripe

Para evitar a transmissão da gripe e de outras doenças respiratórias, a Secretaria de Saúde recomenda:

• Lavar as mãos com frequência, principalmente antes de comer

• Usar lenço descartável para higiene nasal

• Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir

• Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca

• Higienizar as mãos após tossir ou espirrar

• Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas

• Manter os ambientes bem ventilados

• Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de gripe

• Evitar aglomerações e ambientes fechados (procurar manter os ambientes ventilados)

• Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.