Buscar

Chocolate previne câncer, alivia dores e reduz risco de AVC, diz pesquisa

Micróbios presentes no intestino humano fermentam o cacau e o transformam em anti-inflamatórios que protegem o coração, entre outros benefícios.

Além de ser um alimento bastante atraente para a maioria das pessoas, o chocolate quando consumido com orientação e moderação, pode trazer uma série de benefícios à saúde. Ocacau presente no chocolate apresenta substâncias chamadas de fitoquímicos que, de acordo com pesquisas científicas, demonstram grande potencial para a saúde do homem.

O fitoquímico presente no cacau é chamado deflavonóide e está presente nas sementes de cacau e seus derivados, como o chocolate amargo, o cacau em pó e a massa de cacau. Quanto mais cacau o chocolate apresentar, maior será o seu poder antioxidante.Vale entender os diferentes tipos de chocolate que consumimos: o chocolate branco não tem cacau e tem mais açúcar e gordura. O chocolate ao leite é o mais popular, com alguma quantidade de cacau, leite e açúcar. Temos ainda o chocolate meio amargo, com 40% a 55% de cacau, pouca quantidade de manteiga de cacau e açúcar. Já o chocolate negro ou amargo é o que tem mais cacau, entre 60% a 85%, menos açúcar e gordura. Portanto, este chocolate (negro ou amargo) é o que pode trazer mais benefícios para a saúde.saiba mais

Este delicioso alimento favorece a prevenção do câncer de intestino, devido à presença de moléculas com efeito antioxidante, protegendo as células de degeneração causada pelo tumor. 

Promove também a sensação de bem estar pelo aumento na produção de hormônios que promovem o relaxamento. O consumo adequado do chocolate amargo melhora o fluxo das artérias, beneficiando a saúde cardiovascular e diminuindo os níveis de LDL (colesterol ruim).Novas descobertas divulgadas pela Sociedade Americana de Química revelaram a razão pela qual o chocolate traz benefícios para a saúde. De acordo com a pesquisa feita por uma universidade de Louisiana, micróbios presentes no intestino humano fermentam o cacau de forma a transformá-lo em anti-inflamatórios que mantêm a saúde do coração.  Alimentadas pelos compostos presentes no cacau, as bactérias metabolizam estes ingredientes em moléculas menores, mais facilmente absorvidas pelo corpo, a fim de diminuir a inflamação do tecido cardiovascular e reduzir o risco de derrames.O uso contínuo do cacau do chocolate pode amenizar os danos cerebrais pós-AVC, protegendo as células nervosas. Durante a gestação, o cacau pode ser ingerido com orientação para reduziro risco de pré-eclâmpsia. Estudos mostram que mulheres que fazem a ingestão de cacau por no mínimo cinco vezes na semana têm 40% a menos de chances de desenvolver o problema. O chocolate também pode ajudar na prevenção de dores, pois tem efeito analgésico natural. No quesito beleza, o chocolate tem efeito hidratante e antioxidante, combatendo radicais livres e evitando a oxidação celular, prevenindo o envelhecimento.

É importante lembrar que o consumo do chocolate, mesmo com uma concentração significativa de cacau, não deve ser feito sem orientação e em quantidades exageradas. Para se obter todos osefeitos positivos que este delicioso alimento oferece, devemos consumir 30g ao dia.

* As informações e opiniões emitidas neste texto são de inteira responsabilidade do autor, não correspondendo, necessariamente, ao ponto de vista do Globoesporte.com / EuAtleta.com.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.