Buscar

Christina Aguilera volta ao The Voice e revela a fórmula para vencer

(Foto: Reprodução/Trae Patton/NBC)

Toda vez que estreia uma nova temporada do "The Voice" surge a discussão sobre inovação de repertório dos candidatos e "por que eles cantam tantos covers?" Christina Aguilera, que ficou de fora do time de técnicos da competição na temporada 7 (para compor novas música) e na 9 (para ter um filho) acha que o programa "não está preocupado com modinhas"."Eu penso e acho que a América responde ao atemporal, sabe? Eu acho que clássico é clássico. Quer dizer, qualquer um pode ter, penso eu, um hit do momento, mas acho que para fazer o que é verdadeiramente de qualidade tem que resistir ao teste do tempo. Eu não acho que é sobre a formatação de algo que é legal no rádio. Eu realmente acho que a América se importa com o que foi bom, e não importa a idade".O reality estreou nesta segunda-feira (29) nos EUA e será exibido no Brasil nesta terça. E a julgar pelos candidatos escolhidos, o tom "conservador" do repertório vai se manter. De todos os aprovados nesta primeira etapa, só dois, Paxton Ingram e Bryan Bautista, cantaram músicas contemporâneas — "Dancing on my Own", da sueca Robyn, e "The Hills", da banda The Weeknd.Quando questionados que tipo de música gostariam de ouvir os candidatos cantando, Adam Levine, como sempre, fez piada (e os outros foram na onda). "Eu gostaria de ouvir Macarena. Acho que todos os candidatos deveriam cantar Macarena", disse o líder do Maroon 5. "A boa e velha Macarena", completou Christina, cujo objetivo é acabar com a "maldição das meninas" — nenhuma das técnicas mulheres que passaram pela competição venceu.Na temporada passada, Gwen Stefani disse que sentia que havia certo machismode parte dos próprios candidatos que, mesmo quando eram meninas, sempre escolhiam os técnicos homens. Desta vez, no entanto, essa lógica parece não ter permanecido. Aguilera conseguiu levar para seu time, no primeiro episódio, tanto meninas quanto meninos (mesmo quando os quatro jurados escolhiam um candidato). Nesta brincadeira levou a surpreendente Alisan Porter, que cantou "Blue Bayou", além de Bryan Bautista.E para que a discussão não caísse na vala do comum das cotas, a reportagem doUOL perguntou a Aguilera o que faria para vencer e quais eram os motivos que levavam os candidatos a escolherem-na.

"Eles sempre me perguntam sobre [como controlar] os nervos, me perguntam sobre como eu manter minha voz e como manter nível de exaustão baixo, como ganhar mais vibrato. Sabe, estas são as notas vocais que eu trago para a mesa, e isso que eu uso para ajudar construtivamente a melhorar seu desempenho."

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.