Buscar

Miss Mundo Rondônia 2016 teve confusão na coroação à la Miss Universo

Do lado esquerdo, a Miss Ji-Paraná, que foi coroada erroneamente. Do lado direito, a verdadeira vencedora, Miss Cacoal, segundo a organização do concurso (Imagem: Reprodução)

Na madrugada de sábado (23) para domingo (24), aconteceram os concursos Miss Mundo Rondônia e Mister Rondônia 2016. A vencedora foi Karliany Barbosa, representante de Cacoal, e Brisol Junior, candidato de Porto Velho. Tudo teria sido simples e indolor, mas não foi bem assim.

Houve uma baita confusão no momento da coroação feminina. Rebeca Falco, Miss Mundo Rondônia 2015, não pode estar presente, e a agência promotora do concurso, Felicitta, resolveu escolher Jaqueline Grohalski, uma colaboradora, para colocar a coroa na cabeça da ganhadora.

Segundo a organização rondoniense, por não concordar com a decisão do corpo de jurados, Jaqueline coroou a segunda colocada, Leticia Cappatto, candidata de Ji-Paraná. Ainda de acordo com a direção nacional do Miss Mundo Brasil, a organização estadual corrigiu o erro na hora e a vencedora "de fato" foi coroada.

De acordo com informações da organização, Fernando Grohalski, irmão de Jaqueline e também colaborador do concurso, era quem supostamente apoiava e teria preparado a segunda colocada.

A miss descoroada contou ao UOL que logo após receber a coroa, a coordenação disse que o resultado estava errado e que, na verdade, a candidata da Cacoal havia ganhado. "Saí do palco sem entender o que estava acontecendo, vi meus sonhos serem destruídos. Logo em seguida, peguei minhas coisas para ir embora, mas as pessoas que estavam lá queriam fazer justiça por mim. Vários jurados vieram até mim dizendo que nas contagens de voto eu teria ganhado, e que eu deveria exigir as notas, mas a coordenação se trancou no banheiro com as fichas", contou Leticia. "Só quero o que é justo, quero ver essas notas assinadas pelos jurados".

Além disso, a Miss Ji-Paraná negou que Fernando Grohalski fosse seu preparador. "Eu me preparei sozinha. No concurso eu era mais uma candidata que ele estava ensaiando", disse.

"Este ano o que me foi passado (sim, porque eu não estava lá) foi que a segunda colocada era amiga e foi apoiada pelo Fernando. Quando Gleice [a diretora do concurso de Rondônia] passou o resultado para os dois, não se conformaram, e Jaqueline colocou a coroa em quem ela e o irmão achavam que deveria ter ganho, e não em quem de fato ganhou. Ele gravou e jogou o vídeo na internet. Gleice, imediatamente ao ver o erro, se pronunciou e pediu que a coroa fosse colocada na cabeça da ganhadora de fato", foi o que disse o diretor nacional do concurso, Henrique Fontes, em sua página no Facebook.

Edison Oliveira Brandão, missólogo que foi jurado do concurso de Rondônia, disse que "a apuração dos votos foi feita na mesa dos jurados. Eu vi as fichas ao meu lado, pelo menos duas ou três delas, e Karliany estava com vantagem sobre a segunda. Foi disputado ponto a ponto". Já Ezequiel Pereira, outro jurado, disse que se sentiu ludibriado ao ver o resultado. "Ficamos totalmente espantados. A organização do evento deveria colocar à disposição todos os votos, um a um", afirmou em um comentário no Facebook.

A Agência Felicitta, realizadora do concurso, publicou um comunicado nas redes sociais:"O concurso Miss e Mister Rondônia 2016, realizado pela Agência de Modelos Felicitta e com apoio de seus colaboradores, em face aos acontecimentos envolvendo o resultado final do concurso, vem esclarecer ao público que a nota final do concurso corresponde à somatória das notas dos diversos quesitos que envolve a avaliação da candidata como: entrevista, provas anteriores ao desfile, desfile na passarela com traje de gala e desfile na passarela com traje a rigor. Portanto não há nada que desabone o resultado final, permanecendo como vencedores os nomes publicados.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.