Buscar

Morre aos 68 anos Márcio Augusto Antonucci, da dupla Os Vips

Ele morreu aos 68 anos nesta segunda (20) com infecção generalizada.Dupla fez sucesso na Jovem Guarda com A volta e outras músicas.

Márcio Antonucci (esquerda), ao lado do irmão Ronald, com quem formava a dupla Os Vips (Foto: )

Morreu aos 68 anos o cantor Márcio Augusto Antonucci, da dupla Os Vips, na manhã desta segunda-feira (20). Ele estava internado há alguns dias em um hospital em Angra dos Reis (RJ), com pneumonia que evoluiu para um quadro de infecção generalizada. O velório vai acontecer no Rio, ainda sem confirmação de local e horário, segundo a família.

O filho do cantor, Bruno, falou sobre a morte do pai em sua página no Facebook. É com muito pesar que informo que o meu pai, ídolo e amigo nos deixou hoje pela manhã. Como disse nos últimos dias o quadro dele estava estável, porem hoje esse quadro mudou. Quando estivermos mais conformados com a situação poderemos tentar esclarecer o que houve. Darei assim que puder as informações onde acontecerá o velório, que vai ser no Rio de Janeiro. Peço a todos que respeitem esse momento pelo qual toda a família esta passando, entendo que meu pai foi um ídolo, um muso para muitos, mas peço a compreensão de todos. Eu amo e sempre vou te amar. Meu pai foi a minha inspiração para ser o melhor homem que eu posso ser, escreveu Bruno.

Além da dupla musical com o irmão Ronald, Márcio também foi diretor de Programas e diretor Musical da Rede Globo, diretor musical da TV Record, diretor de programas do SBT.

Dias antes da morte, também através da internet, Antonucci postou a música Nossa Senhora, do amigo Roberto Carlos, e comentou Essa letra é um arraso. A canção também, mas a letra.... Márcio deixa três filhos.

Carreira musicalOs Vips começaram a carreira em meados dos anos 60, junto de outros grandes nomes da Jovem Guarda. Uma das primeiras gravações foi Menina linda, versão de I should have known better, dos Beatles - de quem fariam várias outras versões. Em 1966 lançaram a música pela qual ficariam mais conhecidos, A volta, composta por Roberto Carlos e Erasmo Carlos

A dupla parou de se apresentar nos anos 70. Em 1990 eles voltaram a se apresentar e gravaram discos ao vivo de sucesso pela Som Livre nos dois anos seguintes. Márcio e o irmão ainda faziam shows com artistas da Jovem Guarda.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.