Buscar

Renata Molinaro, magra na adolescência, mantém os 65kg sem relaxar: Nunca devemos estar satisfeitas

Renata Molinaro está com tudo em cima e, ainda assim, não está satisfeita. Magrinha na adolescência, a bela, hoje com 24 anos, engordou sete quilos desde que começou a malhar e se orgulha do corpão que conquistou. Mas, para ela, o mérito é dividido com o seu namorado, o personal trainer Eduardo Meyer, que a ajuda a otimizar os exercícios. Com 65kg, a panicat diz que evita entrar na zona de conforto e ficar totalmente satisfeita com o peso, já que isso a faz relaxar e descuidar do corpo.

- Para mim, a melhor forma de malhar é acompanhada por um personal trainer. Assim, é possível renovar os exercícios e ser orientada a cada repetição - diz a morena, que enfatiza a malhação do abdome e das pernas, mas não é adepta às formas superdefinidas. - Gosto de preservar as curvas femininas para não deixar a musculatura muito saltada e o corpo quadrado.

A boa forma faz sucesso com os telespectadores e encanta não só o público masculino, mas também as mulheres.

- Adoro receber elogio de mulher. Isso me faz ganhar o dia. Elas são exatamente o público que procuro incentivar e inspirar na procura por um corpo cada vez mais saudável, proporcional e atlético - diz a integrante do "Pânico na Band".

Mas não foi sempre assim. Na adolescência, Renata pesava 58kg e não chamava tanta atenção quanto hoje entre as meninas de sua idade.

- Eu era magrinha, só depois desenvolvi, mas minhas pernas sempre foram grossas. Mas o que me incomodava mesmo era o tamanho dos meus seios, sempre os achei muito pequenos para o meu tamanho - conta ela, que sofreu com uma infecção hospitalar ao colocar próteses de silicone há cinco anos. - Foi muito ruim porque era uma coisa que eu queria muito e não ficou como eu esperava, mas me recuperei. Hoje eu não sou a favor de muita cirurgia.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.