Buscar

Em MS, 170 mil famílias poderiam ter 65% de desconto na conta de energia e não sabem

Têm direito ao desconto as famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal

Imagem: Acácio Gomes / Nova News

Cb image default

Famílias de baixa renda inscritas em programas sociais têm direito a Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE), com desconto de até 65% nas contas, mas a maior parte delas não sabe. De acordo com a concessionária Energisa, de 292 mil famílias enquadradas nos critérios do programa em Mato Grosso do Sul, apenas 121 mil recebem o benefício. As outras 171 mil se enquadram nos pré-requisitos, mas ainda não o usufruem. Ou seja, tem mais gente com direito sem receber o benefício do que recebendo.

Têm direito ao desconto as famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal com renda per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional. Também têm direito aqueles que recebem Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC), inscritas no Cadastro Único, com renda mensal de até três salários mínimos e com pessoa com doença ou deficiência cujo tratamento, procedimento médico ou terapêutico requeira uso continuado de aparelhos, equipamentos ou instrumentos que, para seu funcionamento, demandem consumo de energia elétrica.

O valor do desconto depende da faixa de consumo dos clientes. Para quem consome até 30 kWh/mês, a conta de energia pode baixar até 65%. Para o consumo de 31 a 100 kWh/mês, a redução chega a 40%. Na faixa de consumo de 101 a 220 kWh/mês, o desconto é de 10%. Já para consumo superior a 220 kWh não incide desconto.

Aqueles clientes que não atualizaram o cadastro junto ao Ministério de Desenvolvimento Social (MDS) e perderam o benefício deverão atualizar primeiramente o cadastro no Centro de Referência e Assistência Social (Cras) do município e, posteriormente, procurar a concessionária de energia elétrica.

Famílias inscritas no Cadastro Único que ainda não recebem o benefício devem procurar uma das agências da concessionária de energia e apresentar os documentos pessoais, o número de inscrição social (NIS) e a conta de energia elétrica para atualização cadastral. Outras opções de inscrição na Tarifa Social são o Call Center (0800 722 7272) e o endereço eletrônico tarifasocial.energisa.com.br. (*As informações são da Subsecretaria de Comunicação).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.