Buscar

Ivinhema perde para o CRB na estréia e fica fora da Copa do Brasil

Jogando na noite desta quarta-feira (06), pela Copa do Brasil, o Ivinhema perdeu de 2 a 0 para o CRB, de Alagoas, e deu adeus à Copa do Brasil. Com o placar, o Galo Alagoano já eliminou o jogo de volta  que estava marcado para acontecer no próximo dia 28.

Empolgado com apoio da torcida, que lotou o Saraivão, o Azulão conseguiu manter todo o primeiro tempo jogando de igual pra igual com a equipe alagoana. As melhores chances criadas pelo Ivinhema não foram convertidas em gols, terminando o primeiro tempo com placar fechado em zero a zero.

O Ivinhema volta a campo no próximo domingo (10) em partida válida pelas quartas de final do campeonato Sul Mato-grossense (Foto: Jhonny Cabral)

Na segunda etapa, o Azulão voltou disposto a abrir o placar, chegando até a área de gol da equipe alagoana com facilidade, mas pecando em suas finalizações. Cauteloso, o time do CRB esperava o momento certo para armar o contra-ataque. Em uma roubada de bola, Somalia roubou, fez o giro, abriu pra Luidy, que avançou pela esquerda e do bico da grande área bateu forte, abrindo o marcador para o time de Alagoas.

Com gol, o azulão recuou e perdeu um pouco do ritmo, facilitando o contra ataque da equipe adversária. Aos 13 minutos do segundo tempo, em uma bobeira da zaga Ivinhemense, Lúcio Maranhão recebeu a bola e, novamente pela esquerda, chutou forte, ampliando o placar para o Galo Praiano. Com resultado, o Azulão se despede prematuramente da Copa do Brasil. 

 

O Ivinhema volta a campo no próximo domingo (10) em partida válida pelas quartas de final do campeonato Sul Mato-grossense. O jogo será realizado no Estádio Saraivão, em Ivinhema. Já o CRB volta a campo também no domingo (10). quando enfrentará o Santa Rita pelo campeonato Alagoano. O jogo será no Estádio Rei Pelé. O Galo segue na Copa do Brasil e aguarda o próximo adversário na segunda fase do campeonato, que pode sair entre Vasco da Vaga e Remo do Pará. 

O árbitro da partida foi Paulo Roberto Alves, auxiliado por Pedro Martinelli e Vitor Hugo Imazu dos Santos, todos do Estado do Paraná.  

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.