Buscar

Sub 17: Nova Andradina aciona Justiça para ter direito a decidir a semifinal em casa

O Clube Esportivo Nova Andradina (Cena) foi obrigado a protocolar, esta semana, junto à Justiça Desportiva de Mato Grosso do Sul, um pedido de Medida Inominada, ou seja, solicitando uma liminar que dê o direito de a equipe Sub 17, que disputa o Campeonato Estadual, decidir a última partida da semifinal da competição, jogando em casa, pois, segundo os diretores do Cena, os garotos de Nova Andradina teriam a melhor campanha na competição, fato este negado pela Federação de Futebol do MS.

Entenda o caso

A equipe da Cidade Sorriso chegou à semifinal do campeonato após conquistar 18 pontos na competição, sendo 5 vitórias e 3 empates, sendo uma dessas vitórias conquistada por WO, ou seja, quando uma das equipes deixa de comparecer ao campo de jogo, sendo o caso do time do Águia Negra, de  Rio Brilhante, que não compareceu para disputar partida contra o Cena, no ultimo dia 19 de agosto de 2016.

Equipe de Nova Andradina questiona posição da Federação e afirma ter o direito de jogar em casa (Imagem: Divulgação)

Segundo consta no relatório da partida ao qual Nova News teve acesso, realmente o time de Nova Andradina venceu a partida por WO, conforme relatado na súmula de jogo pelo arbitro responsável, Robson Alves Kanoff. Já na semifinal da competição, a equipe do Cena irá enfrentar o time do Seduc, de Aquidauana, que chegou à semifinal, vindo de outra chave do mesmo campeonato.

Saiba mais
  • Jogando em Campo Grande, Nova Andradina vence o Esquerdinha e está na semifinal do Sub-17

Impasse

Com o anúncio dos jogos semifinais, Nova Andradina jogaria a primeira partida em casa e decidiria o futuro da competição jogando na casa do adversário, fatos este contestado pela diretoria do Cena.

De acordo com regulamento da competição, soma-se o número de pontos conquistados pela equipe ao longo do campeonato e divide-se pelo número de jogos disputados, chegando assim, a uma média. Neste caso, com 18 pontos conquistados em 8 jogos, o Cena atingiria uma média de 2,25, superando na média, a equipe de Aquidauana. Este fato lhe garantiria então o direito de disputar a última partida em casa.

Porém, segundo a diretoria do Clube de Nova Andradina, sem dar explicações plausíveis, a Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul não estaria considerando a vitória por WO na partida do Sena contra Águia Negra, de Rio Brilhante, e desta forma, retirando 3 pontos de Nova Andradina, derrubando a média e dando a vantagem de disputar em casa para equipe de Aquidauana.

“Na partida contra Rio Brilhante foi cumprindo tudo que está no regulamento da competição e não há motivo para tirar nosso direto de disputar o segundo jogo da semifinal em casa. Isso é uma sacanagem que estão fazendo conosco para beneficiar um time de Dourados e outro de Campo Grande”, desabafou um dos dirigentes.  A assessoria jurídica do Cena aguarda o pedido de liminar do Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso do Sul.

Súmula da partida mostra que a equipe de Nova Andradina venceu o Águia Negra, de Rio Brilhante, por WO (Imagem: Reprodução)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.