Buscar

Azambuja autoriza concurso para peritos da Polícia Civil; edital do processo seletivo para PM e CB será publicado nesta segunda (09)

Em entrevista, governador destacou investimentos nos profissionais da Segurança Pública de MS

Imagem: Chico Ribeiro

Cb image default

Depois de realizar concurso público para delegados, escrivães e investigadores da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, o governador Reinaldo Azambuja autorizou processo seletivo para contratar 170 peritos. “Autorizamos o concurso para suprirmos as demandas de todo o Estado, da Capital e do interior”, adiantou o governador, nessa sexta-feira (06), ao assinar o documento.

O edital deve ser divulgado em maio deste ano, conforme previsão do Governo. Serão ofertadas vagas para perito criminal (40), perito médico legista (40), perito papiloscopista (40) e agente de polícia científica (50). A iniciativa foi comemora pelo presidente do Sindicato da Polícia Civil de MS (Sinpol-MS), Giancarlo Corrêa Miranda. “Agradecemos a abertura dessas vagas. Esse concurso estava pendente há mais de 13 anos”, ressaltou.

De acordo com o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira, os novos profissionais irão suprir, principalmente, demandas do interior de Mato Grosso do Sul. “O concurso vai contemplar importantes cidades do interior e atender um anseio de toda a Polícia Civil”, afirmou. “Hoje é uma data a ser comemorada e agradecida. É o Governo apoiando a instituição”, disse.

Polícia Militar e Corpo de Bombeiros

Ao autorizar o concurso para peritos da Polícia Civil, o governador Reinaldo Azambuja lembrou que na segunda-feira (09) será publicado os editais dos certames da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

Para o quadro da PM serão abertas 450 vagas, sendo 388 para soldados, 50 para oficiais combatentes e 12 para oficiais médicos. Para os Bombeiros serão 200 vagas, 23 para oficiais combatentes; 153 para soldados; 12 para oficiais de saúde e 12 vagas para oficiais especialistas.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.