Buscar

Brasileiro está buscando vida mais saudável, indica pesquisa

Levantamento realizado pelo Ministério da Saúde indica que os brasileiros estão procurando adquirir hábitos para uma vida mais saudável. De acordo com a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) 2017, a prevalência da obesidade e do excesso de peso estão estagnados nas capitais do Brasil, enquanto o consumo de refrigerantes caiu e a ingestão de frutas e hortaliças aumentou.

A pesquisa mostra que quase 18,5% dos brasileiros são obesos, e que mais da metade da população das capitais está com excesso de peso. Entretanto, o consumo de refrigerantes e bebidas açucaradas caiu 52,8% desde 2007, saindo de 30,9% para 14,6% no ano passado, e o consumo regular de frutas e hortaliças subiu 4,8% de 2008 a 2017. Outro indicador positivo foi a prática de atividades físicas, que aumentou 24,1% de 2009 a 2017.

“Mesmo com esta tendência a estabilidade e com o crescimento de pessoas que praticam atividade física e que estão consumindo alimentos mais saudáveis, não podemos deixar de continuar vigilantes. A obesidade e o sobrepeso são portas de entrada para doenças crônicas, como hipertensão e diabetes, que prejudicam a saúde da população e que poderiam ser evitadas”, explicou a diretora do Departamento de Vigilância de Doenças Crônicas e Agravos não Transmissíveis e Promoção da Saúde da pasta, Fátima Marinho.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.