Buscar

Cartel do gás - Ministério Público denuncia 11 comerciantes de Nova Andradina e Dourados

Denúncia foi distribuída na tarde desta sexta-feira à 1ª Vara Criminal da Justiça Estadual em Dourados

Imagem: Acácio Gomes / Arquivo / Nova News

Cb image default

Nesta sexta-feira (06), o Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul (MPE-MS) apresentou denúncia contra 11 comerciantes de Dourados e de Nova Andradina, acusados de integrar o cartel montado na região para controlar o preço e os pontos de revenda do gás de cozinha.

Oito empresários tinham sido presos no dia 27 de março durante a Operação "Laisse Faire", realizada pela Promotoria de Defesa do Consumidor com apoio do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) e da Polícia Militar. Em Nova Andradina, a ação foi acompanhada pelo Nova News.

A denúncia foi distribuída às 13h25 desta sexta-feira à 1ª Vara Criminal da Justiça Estadual em Dourados, mas o conteúdo não está disponível no site do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. 

O caso está em segredo de Justiça. No próximo passo, o Poder Judiciário vai decidir se aceita ou não a denúncia. Se aceitar, todos se tornam réus.

Dos oito comerciantes presos há dez dias, dois já conseguiram a liberdade. No início da desta semana o juiz da 1ª Vara Criminal de Dourados, Luiz Alberto de Moura Filho, revogou a prisão de ambos. Cada um pagou dez salários mínimos de fiança, sendo que eles foram afastados do comando de suas empresas por no mínimo 60 dias.

O magistrado negou liberdade para outros homens apontados como os mais atuantes na organização criminosa e que também foram autuados por porte ilegal de arma. (Com informações do Campo Grande News).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.