Buscar

Com nomeação de novos delegados, governo reforça o combate aos crimes no MS

Com a chegada dos novos delegados, ações de prevenção a violência contra mulheres, crianças e adolescentes serão intensificadas

Imagem: Denilson Secreta

Cb image default

Diferente de outros estados país, em Mato Grosso do Sul o governo tem conseguido realizar algumas ações de extrema importância para área da segurança pública, entre elas a nomeação de 72 novos delegados, garantindo que todos os municípios do Estado contem com esse profissional. A solenidade de formatura do 8ª Turma do Curso de Formação foi realizada nesta sexta-feira (29), e contou com a presença de diversas autoridades, entre elas os secretários de Governo Gestão Estratégica (Segov), Eduardo Riedel, de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Antonio Carlos Videira, de Administração e Desburoccratização (SAD), Carlos Alberto de Assis, e o delegado-geral da Polícia Civil, Marcelo Vargas.

Representando o governador Reinaldo Azambuja, o secretário Eduardo Riedel destacou que esta gestão transformou a segurança pública em uma política de Estado, fazendo o maior investimento da história, por meio do programa MS Mais Seguro, que reestruturou todas as instituições ligadas à Sejusp com a entrega de mais de 700 viaturas, novos coletes, armamentos e munições. “O maior investimento deste programa está na valorização dos servidores, cerca de 75% do efetivo das nossas forças de segurança pública do Estado passou por promoções ou progressões”, destacou o secretário que também é paraninfo da turma.

Os novos delegados deverão reforçar a segurança pública no interior de Mato Grosso do Sul, principalmente na faixa de fronteira e também na prevenção da violência contra mulheres, crianças e adolescentes. Em seu discurso o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, falou da responsabilidade e da missão dos novos delegados que irão atuar no interior e muita das vezes servirá de exemplo para outros jovens que desejam seguir essa carreira de servir e proteger. “Espero que esses novos colegas honrem o seu distintivo, pois desempenharão um papel que vai além de delegado, mas também de representante do Estado de Mato Grosso do Sul”, pontuou Videira.

Carinhosamente chamado de xerife pelos colegas, o orador da turma, Erasmo Bruno de Mello Cubas, veio para Mato Grosso do Sul com quatro anos de idade, e na cidade de Jateí conheceu durante sua adolescência um delegado de polícia, que o inspirou em seguir pelo mesmo caminho. “Eu tinha um sonho o de ser delegado, que hoje tornou-se realidade”, contou o mais novo delegado de MS.

Emocionada, a mãe e o pai de Erasmo, Cláudia Maria de Melo Cubas e Gerson Cubas, contaram da dedicação do filho que com de 18 anos passou no concurso para soldado da Polícia Militar. “Foram três anos de dedicação, e hoje o meu filho é o mais novo delegado de Mato Grosso do Sul”.

O 8º Curso de Formação dos novos delegados da PCMS teve início em abril, com duração de 600 horas de aulas em regime integral de segunda-feira a domingo, inclusive nos feriados, com os três turnos e a oferta de aulas teóricas, práticas, operacionais e estágio supervisionado. A turma é formada por graduados em Direito, aprovados no último concurso (2017) que recebeu cerca de 10 mil inscrições, e vindos de 14 estados.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.