Segunda, 16 de Dezembro de 2019
Buscar

Consumidor residencial responde por 75% das instalações de energia solar no Brasil

Cb image default

A grande economia na conta de luz tem atraído cada vez mais empresas e consumidores a adotarem sistema fotovoltaico para geração de energia solar. De 2016 para cá, o número de sistemas de energia solar saltou de 8,7 mil para 111 mil no País, um avanço de 1.181%.

Os consumidores residenciais são responsáveis por 75% dos sistemas de energia solar instalados no Brasil. Com o objetivo de se tornarem independentes dos altos custos de energia no país, muitos investiram na fonte de energia como uma forma de reduzir a escalada da conta de luz, além da preocupação com a questão ambiental.

Numa simulação simples, para instalar um sistema solar numa residência média hoje, com quatro pessoas, o consumidor vai gastar cerca de R$ 20 mil. Apesar do custo ainda não caber no bolso da maioria dos brasileiros, o preço da tecnologia vem caindo bastante, enfrentando ainda, a alta do dólar. Mas o investimento se paga em média de quatro anos e a vida útil do equipamento é de 25 anos ou mais.

Segundo o presidente-executivo da ABSOLAR, Rodrigo Sauaia, a preocupação com sustentabilidade, aliado à redução da conta de luz, têm potencial para turbinar a capacidade instalada no Brasil em pouco tempo.

Em 2018, o Brasil ficou próximo dos dez maiores investidores em solar, com 1,2 mil MW instalado. A Holanda, 10º maior investidor em 2018, instalou 1,3 mil MW. Porém, hoje o país está distante dos maiores geradores solares do mundo, deixando a primeira colocação para a China, com 176,1 mil MW – mais que toda a potência instalada no País, em todas as fontes de energia.

Cb image default

Mas no Brasil, as expectativas são positivas. De acordo com as Projeções do Plano Decenal de Energia, até 2027, as hidrelétricas devem ver sua fatia na matriz cair para 51%, ante 64% em 2018, enquanto fontes alternativas, principalmente eólicas e solares, devem saltar para 28%, dos atuais 22%.

Cb image default

Cenário atual da Matriz Energética Brasileira - Fonte: Absolar

Essa mudança na matriz energética nacional iniciada hoje, é muito significativa quando, nos anos 80 e 90, as usinas hídricas já chegaram a representar mais de 80% da capacidade do Brasil.

A Cooperativa de Crédito Uniprime Sul MS possui excelentes taxas de financiamento para a instalação de energia solar fotovoltaica, tanto para pessoa física quanto jurídica, com parcelas em até 60 meses para pagamento.

Saiba mais, entrando em contato com nossas unidades em Dourados pelo (67) 3422-0884 e em Nova Andradina pelo (67) 3441-1104.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.