Buscar

Convênio possibilitará curso de pós-graduação para Polícia Militar

Cronograma de implementação do curso está previsto para 2020

Imagem: Divulgação

Cb image default

Convênio firmado nesta terça-feira (25) vai possibilitar curso de pós-graduação para Polícia Militar. A Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização (SAD), Fundação Escola de Governo de Mato Grosso do Sul (Escolagov), Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e Polícia Militar de MS (PMMS), assinaram acordo que beneficia categoria.

O convênio tem como objetivo o intercâmbio e cooperação técnico-científico e cultural entre os partícipes, bem como o estabelecimento de mecanismos que visam a realização de pesquisa, ensino, extensão, troca de informações, atividades culturais, consultoria, desenvolvimento e prestação de serviços, integrados em áreas de interesse comuns.

Com esse termo abrangente, será possível, por exemplo, a transformação do Curso de Formação de Oficiais da PM em uma pós-graduação ofertada pela Escolagov. A previsão é para que a primeira turma, com 50 vagas, seja aberta em 2020.

“Esse instrumento atende a política de desenvolvimento e valorização do servidor, como determina o governador Reinaldo Azambuja. Uma ação importante, pois contempla a área de Segurança Pública, setor considerado como essencial pela população do nosso Estado”, destaca o titular da SAD, secretário Roberto Hashioka.

Para o diretor-presidente da Escolagov, Wilton Paulino Júnior, a oferta do curso de pós-graduação complementará o currículo de formação da corporação. “Nós estamos trabalhando em um programa que vai juntar o Curso de Formação de Oficiais. Vamos ampliar essa programação e transformá-lo em um curso de pós-graduação”, comentou.

A assinatura também foi acompanhada pelo secretário de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira; comandante-geral da PM, Cel. Waldir Ribeiro Acosta; diretor de ensino da PM, Cel. Airton Leonel Praeiro, o comandante da academia da PM, Ten. Cel. Edson Furtado, pela procuradora de entidades públicas da Escolagov, Claudia Flores Cavalcanti e o diretor de pós-graduação e pesquisa da Escolagov, Wander Matos de Aguiar.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.