Buscar

Corpo de Bombeiros alerta sobre golpe da falsa contratação em nome da corporação

Instituição lembra que a única forma de ingresso é por meio de concurso público

Imagem: Reprodução

Cb image default

Na tarde desta sexta-feira (06), o comandante do Corpo de Bombeiros Militar em Nova Andradina, major Pablo Diego Barros de Jesus, repercutiu aos órgãos de imprensa da região comunicado emitido pela assessoria de comunicação do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul com relação a um golpe envolvendo o nome da instituição.

Uma página na internet veicula um falso anúncio, informando que o Corpo de Bombeiros estaria contratando pessoas. “Atue como coordenador de emergências, provendo proteção e resposta imediata a emergências de incêndio, salvamento e resgate”, diz a página fake.

Ainda conforme informado no site, não seria necessária experiência, sendo que os salários ofertados variam de R$ 2.240,85 até R$ 6.714,06. Segundo o falso anúncio, para fazer o cadastro, basta o interessado preencher um formulário existente na própria página e compartilhar o link com mais cinco pessoas.

Por meio de nota oficial, o Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul lembra a população que o ingresso na corporação é exclusivamente através de concurso público promovido pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul.

A instituição destaca que o ingresso cumpre requisitos pré-estabelecidos em edital e transcorre em fases específicas, que obedecem aos princípios da administração pública. “O Corpo de Bombeiros Militar não tem nenhuma relação com qualquer tipo de contratação”, diz a nota oficial.

Como o falso site solicita o preenchimento de um formulário com dados dos interessados, como nome completo, telefone de contato, cidade onde mora, escolaridade, as pessoas que fornecerem estas informações podem estar sujeitas a caírem nas mãos de golpistas.

O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul reforça o fato de que a mensagem sobre as possíveis contratações é falsa. “Orientamos que a população sul-mato-grossense não forneça dados pessoais em nenhum tipo de link, pois se trata de uma fraude”, diz a assessoria da corporação.

A corporação ressalta que possui o projeto social “Voluntários no Corpo de Bombeiros Militar” em que se solicita ao candidato voluntário o preenchimento de um cadastro, porém, o procedimento é feito no site oficial www.bombeiros.ms.gov.br. “Este é o único caso em que solicitamos algum preenchimento de cadastro com dados pessoais, sendo que o link está em nosso site oficial”, finaliza.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.