Buscar

Crédito imobiliário fica mais barato no Brasil

Os principais bancos que operam no Brasil reduziram suas taxas de financiamento imobiliário nas últimas semanas, seguindo o aquecimento do mercado interno e a melhora dos índices econômicos.

A Caixa Econômica anunciou redução em suas taxas após 17 meses sem alterações nas linhas de financiamento. A taxa mínima para a linha dentro do Sistema de Financiamento de Habitação (SFH) caiu de 10,25% para 9% ao ano. Essa modalidade vale para financiar residências de até R$ 800 mil. No caso para imóveis enquadrados no Sistema de Financiamento Imobiliário, houve uma redução de 11,25% para 10% ao ano.

Depois da Caixa, outros bancos, como o Bradesco, Santander e Banco do Brasil também passaram a aplicar taxas similares, ou até menores que as anunciadas pelo banco público, como é o caso do Santander, que agora cobra 8,99% ao ano em seu crédito imobiliário dentro do SFH, a menor taxa do mercado.

Selic

Essas reduções ocorrem enquanto diminuem os custos de financiamento e empréstimos por conta da redução da taxa básica de juros, a Selic. Os movimentos dessa taxa têm impacto em todo o sistema financeiro, já que é usada como referência por todas as instituições financeiras. Atualmente, ela está na sua mínima histórica, em 6,50%.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.